5 de setembro de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

Ao vivo de BH: Fórum Popular e Democrático; pela renúncia de Levy e por uma Constituinte Exclusiva

O Blog do Esmael, em parceria com a TVT (geradora) e a TV 15 (repetidora), desde Belo Horizonte, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo mais um comício da Frente Nacional Popular e Democrática.

O evento deste sábado tem como figuras centrais o governador mineiro Fernando Pimentel (PT) e os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Roberto Requião (PMDB-PR).

Dentre as bandeiras que serão discutidas hoje serão a demissão imediata do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e a mudança na política econômica do governo Dilma; contra o golpe, instalação de uma Constituinte Exclusiva para a reforma política.

O lançamento nacional da Frente Popular e Democrática ocorreu no último dia 28 de agosto, em Curitiba (clique aqui). Na capital paranaense a palavra de ordem também foi “Fora Levy” e mudança na política econômica Leia mais

20 de agosto de 2015
por Esmael Morais
31 Comentários

Ao vivo de Curitiba: Manifestação pró-Dilma e contra o golpe; assista

Transmissão ao vivo encerrada às 13h26.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 11 horas, transmite para o Brasil e o mundo a ‘marcha do antigolpe’ em apoio à presidenta Dilma Rousseff e as conquistas sociais do governo federal. Leia mais

20 de agosto de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Blog do Esmael transmite ao vivo, a partir das 11h, protesto antigolpe em apoio a Dilma Rousseff

dilma_golpeDaqui a pouco, a partir das 11 horas, o Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite para o Brasil e o mundo a ‘marcha do antigolpe’ — em apoio à presidenta Dilma Rousseff e as conquistas sociais do governo federal. ... 

Leia mais

19 de agosto de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Veja essa: Francischini quer CUT como entidade “terrorista” no País

Deputado Franchischini, o Batman, protestou no domingo contra a presidenta Dilma e o PT; parlamentar que já havia pedido a prisão do sindicalista Vagner Freitas agora quer classificar a CUT como "terrorista".

Deputado Franchischini, o Batman, protestou no domingo contra a presidenta Dilma e o PT; parlamentar que já havia pedido a prisão do sindicalista Vagner Freitas agora quer classificar a CUT como “terrorista”.

O deputado federal Fernando Francischini (SD), conhecido no Paraná como “Batman”, não para de surpreender o país. Depois de pedir a prisão do presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), na véspera do #CarnaCoxinha, por suposta incitação à violência, o “parlamentar-morcego” agora agora classificar a entidade sindical como “terrorista”. ... 

Leia mais

19 de agosto de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

“Volta Lula” será lançado nesta quinta em manifestação de Curitiba

volta_lula_curitiba ... 

Leia mais

18 de agosto de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Blog do Esmael transmite ao vivo na quinta-feira manifestação pró-Dilma

Os movimentos sociais do Paraná e do Brasil estarão nas ruas nesta quinta-feira (20) na luta por direitos, liberdade e democracia, contra o golpismo tucano. O ato em Curitiba será na Praça Santos Andrade com a concentração marcada para 11 horas. Diversas cidades do interior estado realizarão manifestações semelhantes.

O Blog do Esmael transmitirá ao vivo a mobilização na capital paranaense em parceria com a TV 15.

As manifestações pró-Dilma Rousseff serão comentadas pelos senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB), que intervirão de Brasília, assim como o deputado federal Fernando Francischini (SD).

Nos estúdios da TV 15, em Curitiba, com mediação do repórter César Setti, estarão Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas; deputado Requião Filho (PMDB); Ricardo Mac Donald, secretário Municipal de Governo de Curitiba; e este editor.

No último domingo (16), o Blog do Esmael e a TV 15 transmitiram ao vivo para o Brasil e o mundo os protestos organizados pelo PSDB contra Dilma e o PT.

Participam da mobilização de quinta entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE), as centrais sindicais (CUT, CTB, Intersindical), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), União Brasileira de Mulheres (UBM), União Paranaense dos Estudantes (UPE), União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), entre outras.

As manifestações de quinta-feira serão em defesa da Petrobras, da democracia, contra a terceirização e o ajuste fiscal que tiram direitos dos trabalhadores, em defesa dos empregos do bancários do HSBC, pela saída de Eduardo Cunha (PMDB) da presidência da Câmara dos Deputados e contra a onda conservadora que se instalou no país recentemente.

Uma reforma política efetiva também está na pauta dos movimentos sociais. O fim do financiamento empresarial de campanhas, um dos principais pontos defendidos pelos trabalhadores, é visto como um caminho que poderá encaminhar a resolução de diversos problemas.

Serviço: Ato por Direitos, Liberdade e Democracia
Local: Praça Santos Andrade, Centro. Curitiba -PR
Data: Quinta-feira, 20 de agosto
Horário: 11h

Com informações da CUT-PR.

Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Pré-sal: Renan Calheiros e oposição tentam covardia contra Petrobras

por Paulo Moreira Leite, via Brasil 247
renan_petrobras_serraVez por outra, descobre-se que uma pessoa paranóica pode ter razão — e enxergar inimigos de verdade.

Constata-se, hoje, que nem o mais fanático adepto das teorias conspiratórias seria capaz de imaginar um roteiro tão óbvio para prejudicar o Brasil e os brasileiros.

Depois que a Lava Jato já completou um ano e meio, levando empresários, fornecedores e executivos para a prisão, deixando o governo Dilma Rousseff com uma perna quebrada, tenta-se retomar de qualquer maneira o mais antigo sonho das grandes multinacionais do petróleo e seus aliados internos, que trabalham há 62 anos contra a Petrobras.

A partir de um cálculo elementar, cuja base é a covardia, tenta-se aproveitar a hora de fraqueza do Planalto, para se tentar avançar de qualquer maneira no projeto 131, do senador José Serra, que propõe retirar a obrigatoriedade da presença da Petrobras na exploração do pré-sal — descoberta que alterou a posição do país no mercado mundial de combustíveis e abriu uma perspectiva duradoura de desenvolvimento sustentável para o país. Leia mais

11 de agosto de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

UNE reforça manifestações no dia 20 contra o golpe tucano

une

A União Nacional dos Estudantes (UNE) está reforçando a convocação para as manifestações do dia 20 de agosto por direitos, liberdade e democracia; contra o avanço da direita e dos tucanos. Participam dessa mobilização entidades como o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), centrais sindicais (CUT, CTB, Intersindical), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), entre outros. A marcha deverá acontecer em pelo menos 10 capitais brasileiras.

O megaprotesto engrossado pela UNE visa responder ao avanço da direita golpista, orquestrada pelo PSDB, que quer remover a presidenta Dilma Rousseff (PT) do cargo a qualquer custo.

Esse grupo golpista está convocando manifestações para o próximo domingo (16) sob o pretexto de combate à corrupção, mas fecha os olhos para os verdadeiros implicados em denúncias de desvios, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), ou ao governo Beto Richa (PSDB).

O Blog do Esmael, em parceria com a TV15, vai transmitir ao vivo a manifestação da direita e dos tucanos pelo golpe no domingo, dia 16, direto de Curitiba.

O tamanho e o impacto das manifestações da direita no domingo (16) e dos estudantes, movimentos sociais e da esquerda e na quinta-feira (20), poderão contribuir para a retomada da iniciativa e a superação da crise política pelo governo Dilma, ou para que ganhe força a articulação do golpe para removê-la da Presidência da República. Leia mais

1 de julho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Dilma vence batalha na Câmara contra a redução da maioridade penal

reducaoO Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, na madrugada desta quarta-feira (1º), o texto da comissão especial para a PEC que reduziria a maioridade penal (PEC 171/93). Foram 303 votos a favor, quando o mínimo necessário eram 308. Foram 184 votos contra e 3 abstenções.

A rejeição à PEC é uma vitória pessoal da Presidenta Dilma Rousseff (PT) que há semanas vem se manifestando contrária a proposta e tentou, inclusive, negociar alternativas como alterações no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para que os menores infratores tivessem medidas educativas mais longas.

A presidenta Dilma chegou a publicar um artigo em sua página no Facebook e em outras redes sociais combatendo a redução da maioridade penal. Segundo Dilma, “lugar de meninos e meninas é na escola. Chega de impunidade para aqueles que aliciam crianças e adolescentes para o crime.” Leia mais

11 de junho de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Deputado do PCdoB bate-boca na Câmara contra redução da maioriadade penal

alielO clima esquentou ontem (10) na Câmara dos Deputados durante a votação do relatório sobre a Redução da Maioridade Penal. Alguns parlamentares que são a favor da redução queriam impedir a entrada dos jovens da União Nacional dos Estudantes (UNE), da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e da União da Juventude Socialista (UJS), que se manifestaram contra a proposta.

O deputado federal Aliel Machado (PCdoB), que é contra a redução da maioridade penal, defendeu com veemência durante a manifestação a entrada dos estudantes e o direito da liberdade de expressão. Empurrado, o parlamentar paranaense bateu boca com outros colegas de Câmara — quase indo para as vias de fato. Leia mais

9 de abril de 2015
por Esmael Morais
52 Comentários

Contra a terceirização #vetatudodilma

vargas_dilma_cunhaO país regrediu ontem perto de 100 anos, à era pré-Vargas de 1930. Graças à Câmara Federal, presidida pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que aprovou o projeto que regulamenta a terceirização da mão de obra — contra o trabalhador e a favor dos patrões.

De acordo com o painel eletrônico, 324 deputados votaram favoravelmente ao projeto, 137 parlamentares foram contrários e apenas 2 se abstiveram (veja abaixo como votou seu deputado federal). Na sequência, o texto do PL 4330/04 seguirá para o Senado e, se confirmado pelo senadores, para a presidenta Dilma Rousseff (PT) sancionar ou vetar a proposta.

A terceirização do trabalho é um retrocesso no marco civilizatório brasileiro. Trata-se de um ataque contra os trabalhadores perpetrado pela Câmara, que impõe uma pauta conservadora e de direita, cujo programa também pertence ao PSDB de Aécio Neves.

Agora é hora de uma greve geral, puxada por todas as centrais sindicais, para exigir que Dilma vete essa excrescência surgia ontem, em Brasília, na calada da noite. Não basta apenas uma paralisação no próximo dia 15 abril, como prega a CUT.

O ritmo antipovo de Cunha na Câmara não deixa de ser um aprendizado à sociedade, pois se é ruim com o PT, pior sem ele. Portanto, vamos à greve geral, à correlação das ruas, para derrotar esse atraso.

Aliás, o pior ainda está por vir: vem aí a redução da maioridade penal; outra bandeira da direita, que é condenada até pela Igreja Católica do Papa Francisco. Mas isso é tema para novo post, em breve.

Veja como votou o seu deputado: Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
22 Comentários

Contra os trabalhadores, Câmara aprova projeto da terceirização

plenario_camaraA Câmara dos Deputados não deu bola para os protestos das centrais sindicais e movimentos populares, pois nesta quarta (8) à noite aprovou, por 324 votos a 137, o texto-base do projeto que regulamenta a terceirização (precarização) do trabalho no país. A seguir, leia a informação da Agência Câmara... 

Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Câmara vota projeto que regulamenta a terceirização; assista ao vivo

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o requerimento de retirada de pauta do Projeto de Lei 4330/04, que regulamenta a terceirização no Brasil. Em sessão extraordinária ocorrida nesta manhã, o deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), relator da matéria pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, apresentou seu substitutivo à matéria.

Os deputados retomam, agora, a fase de discussão do projeto.

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou hoje (8) a entrada de dirigentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na Câmara dos Deputados para assistir à votação do Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que regulamenta a terceirização de serviços.

Ontem (7), os dirigentes da CUT alegaram, no Supremo, que foram impedidos de circular nas dependências da Câmara dos Deputados, por meio de um ato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

No Paraná, o PT divulgou como votou cada deputado federal no requerimento para o regime de urgência na tramitação do PL 4330/04.

Assista ao vivo pela TV Câmara:

Com informações da Agência Brasil e Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Terceirização: Hoje tem ‘a mãe de todas as batalhas’ em Brasília

Deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, prometeu aos empresários aprovação da lei que fragiliza os trabalhadores brasileiros; ou seja, agora quer entregar a qualquer custo a terceirização (precarização) da mão de obra no país; sem dúvida alguma, o Congresso tende consentir uma volta aos tempos do escravagismo, por isso Brasília poderá viver hoje a 'mãe de todas as batalhas'.

Deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, prometeu aos empresários aprovação da lei que fragiliza os trabalhadores brasileiros; ou seja, agora quer entregar a qualquer custo a terceirização (precarização) da mão de obra no país; sem dúvida alguma, o Congresso tende consentir uma volta aos tempos do escravagismo, por isso Brasília poderá viver hoje a ‘mãe de todas as batalhas’.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mandou ontem (7) descer o sarrafo nos manifestantes contra a lei da terceirização (precarização) do trabalho. Cerca de 3 mil protestavam sob o comando da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da UNE (União Nacional dos Estudantes). ... 

Leia mais

7 de abril de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Depois mandar bater nos trabalhadores, Cunha recua e adia votação da terceirização

manifestante_cunhaO presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), adiou a votação do PL 4330/04, que trata da terceirização da mão de obra, para esta quarta-feira (8). O peemedebista “afrouxou a tanga” depois de confronto entre a polícia legislativa e trabalhadores. ... 

Leia mais

26 de março de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Zeca Dirceu: “Os 30 anos de liberdade não serão derrubados no Brasil”

Zeca Dirceu*

“O golpe militar de 31 de março de 1964 foi o mais longo período de interrupção democrática pelo qual passou o Brasil durante a República. Qualificado pela história como “os anos de chumbo”, o período da ditadura foi marcado pela cassação de direitos civis, censura à imprensa, repressão violenta das manifestações populares, assassinatos e torturas”. O trecho é de uma reportagem feita pelo jornalista Marcos Chagas, da Agência Brasil, em 2011.

Neste 2015 completamos 30 anos de democracia no país, após um longo período ditatorial, que deixou centenas de brasileiros e brasileiras marcados pela sombra da tortura e outros inúmeros mortos, desaparecidos. Neste 2015, porém, vivemos também um período dúbio: ora sombrio, ora duvidoso.

Sombrio pelo fato de haver pessoas pedindo uma intervenção militar no país. Duvidoso porque é praticamente impossível acreditar que sabendo o que foi o período de ditadura militar no Brasil haja cidadãos defendendo este tipo de regime.

Na década de 60, quando houve o golpe, uma série de fatores culminaram com a ascensão da ditadura. No ano de 1961, com a renúncia do presidente Jânio Quadros, foi feita emenda constitucional que instituiu o parlamentarismo no país até 1963, quando foi realizado o plebiscito que decidiu pelo presidencialismo. Em 31 de março de 1964, como diz a historiografia oficial, na madrugada de 1º de abril, começou um dos períodos mais vergonhosos do nosso país.

João Goulart, então vice-presidente, ocupou legalmente a sucessão presidencial, mas foi deposto por golpistas. Jango defendia direitos trabalhistas. Dias antes do golpe, no emblemático comício na Central do Brasil, afirmou que faria reformas de base, garantindo direitos para brasileiros e brasileiras antes esquecidos. Esse foi o estopim para o golpe.

Hoje, 2015, já estamos maduros o suficiente para avaliar os malefícios de uma ditadura. No entanto, ainda há ecos do que foi o militarismo. Existem aqueles que pedem a saída da presidenta eleita democraticamente, por voto direto do povo, o que é lastimável. Ressalto que até 1985 não podíamos protestar contra governos, muito menos tínhamos direito de eleger um.

Para aque Leia mais

29 de maio de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Câmara aprova texto-base do Plano Nacional de Educação

Com a galeria tomada por estudantes, professores e trabalhadores da educação, a Câmara dos Deputados aprovou ontem! (28), por unanimidade, o texto-base do projeto que institui o Plano Nacional de Educação (PNE). O Plano estabelece 20 metas a serem cumpridas nos próximos dez anos. Entre as diretrizes, estão a erradicação do analfabetismo; o aumento de vagas em creches, no ensino médio, no profissionalizante e nas universidades públicas; a universalização do atendimento escolar para crianças de 4 a 5 anos e a oferta de ensino em tempo integral para, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica. O plano destina também 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação !“ atualmente são investidos menos de 6% do PIB.

De acordo com o relator, à‚ngelo Vanhoni (PT-PR), a educação integral é a meta mais revolucionária do PNE.!  Em países desenvolvidos, os pais levam os alunos à  escola à s 7h da manhã e pegam à s 17h. Isso porque a grade curricular, os sistemas municipais de ensino, contam com os conteúdos básicos !“ matemática, português, história, etc !“ e aulas de reforço no período da tarde, com tempo de sobra ainda para aulas de música, dança!, comparou.

A presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Virgínia Barros, afirmou que a aprovação do PNE! significa democratização do acesso à  universidade, erradicação do analfabetismo, qualidade da educação básica e valorização do professor. O Brasil finalmente tem um projeto transformador para sua educação, que deverá estar conectada com os desafios maiores de nossa nação!! destacou Virgínia.

A comissão especial da Câmara que debatia a proposta aprovou a meta de atingir a aplicação de 10% do PIB em educação pública ao final dos dez anos, conforme versão aprovada pela Casa em 2012. O texto do Senado previa que os recursos também poderiam ser utilizados em isenção fiscal e em subsídios a programas de financiamento estudantil.

Nas galerias da Câmara, estudantes, professores e profissionais de educação seguravam cartazes e pediam a aprovação do PNE. Os manifestantes foram autorizados a acompanhar a votação no plenário e comemoraram o resultado sob os gritos de 10% do PIB para educação!.

A votação do texto-base foi uma maneira de ganhar tempo na negociação dos temas considerados polêmicos como o que trata do financiamento da educação. O tema vai ser debatido novamente na próxima semana quando os deputados devem votar os destaques ao texto.

Outro ponto a ser debatido é a possibilidade de a União ter de complementar recursos de estados, Distrito Federal e municípios se estes não atingirem o montante necessário para cumprir padrões de qualidade na educação, concei Leia mais

20 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

André Vargas propõe alguém do time para a Comissão dos Direitos Humanos

O vice-presidente da Câmara, André Vargas, nesta quinta (20), afirmou que articula alguém do time do PT para presidir a polêmica Comissão de Direitos Humanos (CDH). O nome ainda não está consolidado na bancada petista.

A importante e tradicional comissão da Câmara, a CDH estava nas mãos do Partido Socialista Cristão e presidida pelo controverso pastor Marcos Feliciano (PSC-SP) que foi responsável por decisões polêmicas e que acabaram gerando séries de manifestações populares por todo o Brasil.

Vargas lembrou que as minorias estavam muito insatisfeitas e não se sentiam representadas no parlamento. O deputado ainda acrescentou que as minorias são os principais atores da Comissão dos Direitos Humanos.

Fizemos a partir da vice-presidência, junto com o líder Vicentinho, uma grande articulação que nos garantiu as comissões que nós tínhamos como preferência, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), a Saúde por conta do Mais Médicos, com a chegada do novo ministro e a própria candidatura do ministro Padilha que é fundamental também e sem dúvida nenhuma reassumir a comissão de direitos humanos, que esteve em mãos inadequadas no último período, radicalizadas, com muita crise, os movimentos sociais não se viam identificados, principalmente as minorias, que são de fato os atores desta comissão, não se viam representados na comissão, então a CDH volta para o Partido dos Trabalhadores e me parece que este é um grande entendimento que nós temos que celebrar, comemorar e ao mesmo tempo dizer a todos estes movimentos que as portas da Câmara dos Deputados estarão abertas durante 2014!.

Leia mais

11 de setembro de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

Pereirinha pode disputar o Senado pelo PCdoB

Ricardo Gomyde deverá convidar, neste final de semana, o advogado Luiz Fernando Pereira para disputar o Senado; filho do ex-governador Mário Pereira, Pereirinha, tem a simpatia do presidente da OAB, Juliano Breda, e do prefeito Gustavo Fruet, de que foi coordenador jurídico na campanha de 2012.

Ricardo Gomyde deverá convidar, neste final de semana, o advogado Luiz Fernando Pereira para disputar o Senado; filho do ex-governador Mário Pereira, Pereirinha, tem a simpatia do presidente da OAB, Juliano Breda, e do prefeito Gustavo Fruet, de que foi coordenador jurídico na campanha de 2012.

O advogado Luiz Fernando Pereira, conhecido como Pereirinha, poderá disputar o Senado em 2014 pelo PCdoB. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo