2 de Abril de 2018
por esmael
Comente agora

PT divulga nota em favor de blogueiro condenado por defender “Mais Médicos”

O diretório estadual do PT do Paraná divulgou uma nota, nesta segunda (2), em solidariedade ao blogueiro Milton Alves, condenado pelo STJ por criticar o Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar) durante discussão sobre o programa “Mais Médicos”. Leia mais

26 de Março de 2018
por esmael
Comente agora

Blogueiro Milton Alves condenado por críticas a Sindicato dos Médicos do Paraná

O blogueiro Milton Alves foi condenado a pagar indenização de R$ 10 mil por dano moral ao Sindicato dos Médicos do Paraná (SIMEPAR). Em 2013, o ativista social classificou de “pelega” e “apedeuta” a entidade sindical no debate acerca do programa federal “Mais Médicos”. A ministra Nancy Andrighi, do STJ, negou recurso especial ao blogueiro. Leia mais

28 de agosto de 2017
por esmael
19 Comentários

“Vereadores não sabem o que votam”, acusam médicos sobre terceirizações em Curitiba

Daqui a pouco, a Câmara Municipal de Curitiba começará a votar em primeiro turno o projeto encaminhado pelo prefeito Rafael Greca (PMN) que revogando proibição das terceirizações na saúde e na educação.

27 de agosto de 2017
por esmael
15 Comentários

Médicos “abrem fogo” contra terceirizações de Rafael Greca

O presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, Mario Ferrari, em nota pública, afirma que a terceirização pretendida pelo prefeito de Curitiba Rafael Greca (PMN), na educação e na saúde, é temerária por que repassará recursos públicos à iniciativa privada.

16 de outubro de 2013
por esmael
11 Comentários

Mais Médicos: Justiça rejeita censura contra blogueiro no Paraná

Sindicato dos Médicos do Paraná perdeu primeiro embate judicial acerca do programa do governo federal Mais Médico; juíza substituta Danielle Maria Busato Sachet negou censura e liminar à  entidade que não gostou das palavras pelegos! e apedeutas! utilizadas pelo blogueiro Milton Alves, do PT; subscritor da ação, o médico Mário Ferrari queria retirar a publicação do blog (www.miltonalves.com) e pedia R$ 15 de indenização por calúnia; em sua decisão, magistrada disse que o blogueiro exerceu a liberdade de opinião prevista na Constituição Federal.

Sindicato dos Médicos do Paraná perdeu primeiro embate judicial acerca do programa do governo federal Mais Médico; juíza substituta Danielle Maria Busato Sachet negou censura e liminar à  entidade que não gostou das palavras pelegos! e apedeutas! utilizadas pelo blogueiro Milton Alves, do PT; subscritor da ação, o médico Mário Ferrari queria retirar a publicação do blog (www.miltonalves.com) e pedia R$ 15 de indenização por calúnia; em sua decisão, magistrada disse que o blogueiro exerceu a liberdade de opinião prevista na Constituição Federal.

A juíza substituta Danielle Maria Busato Sachet, da 2!ª Vara Civil de Curitiba, negou liminar ao presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar), Mário Ferrari, contra o blogueiro Milton Alves, militante do PT (clique aqui para relembrar). Leia mais

3 de outubro de 2013
por esmael
3 Comentários

“Mais Médicos”: PT repudia censura a blogueiro no Paraná

Para Enio Verri, presidente do PT, a tentativa do Sindicato dos Médicos do Paraná (SIMEPAR) de silenciar, por vias judiciais, a opinião do blogueiro Milton Alves é inaceitável e lesa gravemente os princípios constitucionais da liberdade de expressão e de imprensa; o petista diz ainda que o posicionamento do SIMEPAR a respeito do programa Mais Médicos!, que conta com amplo apoio popular, representa a opinião de uma minoria corporativista e despreocupada com a saúde pública do Brasil.

Para Enio Verri, presidente do PT, a tentativa do Sindicato dos Médicos do Paraná (SIMEPAR) de silenciar, por vias judiciais, a opinião do blogueiro Milton Alves é inaceitável e lesa gravemente os princípios constitucionais da liberdade de expressão e de imprensa; o petista diz ainda que o posicionamento do SIMEPAR a respeito do programa Mais Médicos!, que conta com amplo apoio popular, representa a opinião de uma minoria corporativista e despreocupada com a saúde pública do Brasil.

O presidente do PT do Paraná, deputado Enio Verri, nesta quinta (3), distribuiu nota de repúdio contra a censura que o Sindicato dos Médicos do Estado do Paraná (Simepar) tenta impor sobre o blogueiro Milton Alves. A entidade pede R$ 15 mil de indenização, além de retirar postagem no blog (www.miltonalves.com). Leia mais

3 de outubro de 2013
por esmael
5 Comentários

Presidente do Sindicato dos Médicos do PR nega censura, mas é autor de ação contra blogueiro na Justiça

Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, processou o blogueiro petista Milton Alves, ex-presidente do PCdoB no Paraná, mas nega ser autor da ação que censura e pede R$ 15 mil de indenização; o médico, que é filiado no PCdoB, não gostou de ser chamado de pelego! e de apedeuta! no debate acerca do programa federal Mais Médicos!.

Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, processou o blogueiro petista Milton Alves, ex-presidente do PCdoB no Paraná, mas nega ser autor da ação que censura e pede R$ 15 mil de indenização; o médico, que é filiado no PCdoB, não gostou de ser chamado de pelego! e de apedeuta! no debate acerca do programa federal Mais Médicos!.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná (SIMEPAR), Mário Ferrari, em nota, nesta quinta (3), disse que não é o autor do processo de censura contra o blogueiro Milton Alves. No entanto, de acordo com documento obtido por este blog (autos n!º 0035395-78.2013.8.16.0001), o médico é apresentado como titular da representação que pede R$ 15 mil de indenização por “dano moral”. O blogueiro classificou de “pelega” e “apedeuta” a entidade sindical no debate acerca do programa federal “Mais Médicos”. Leia mais

2 de outubro de 2013
por esmael
14 Comentários

Sindicato dos Médicos processa petista no Paraná. Motivo: defendeu a importação de médicos cubanos

Comunista Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, sentiu-se caluniado ao ser chamado de "pelego! pelo petista Milton Alves (camiseta preta), ex-dirigente do PCdoB no estado, que defendeu em seu blog a importação de médicos cubanos; entidade sindical, filiada à  Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), pede na Justiça R$ 15 mil de indenização por dano moral, retirada da postagem e condenação criminal do ativista; à‰ censura!!, grita Alves, que avisa que recorrerá a OEA, se for preciso defender sua liberdade de expressão.

Comunista Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, sentiu-se caluniado ao ser chamado de “pelego! pelo petista Milton Alves (camiseta preta), ex-dirigente do PCdoB no estado, que defendeu em seu blog a importação de médicos cubanos; entidade sindical, filiada à  Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), pede na Justiça R$ 15 mil de indenização por dano moral, retirada da postagem e condenação criminal do ativista; à‰ censura!!, grita Alves, que avisa que recorrerá a OEA, se for preciso defender sua liberdade de expressão.

O ativista político Milton Alves, do PT, foi processado pelo Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar). Ele foi notificado pelo Oficial de Justiça na tarde desta quarta (2). Leia mais