22 de agosto de 2014
por esmael
12 Comentários

Força Sindical do Paraná repudia postura de Richa e Gleisi em relação ao Piso Mínimo Regional

A Força Sindical do Paraná emitiu nesta quinta-feira (21) uma nota de repúdio à  postura dos candidatos ao governo do estado, Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffman (PT), por declararem apoio à  proposta da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) para o Piso Mínimo Regional. Para a Central Sindical, a proposta enfraquece o salário mínimo estadual, o poder de compra dos mais de 1 milhão de trabalhadores beneficiados!  e, por conseguinte, a economia estadual.

Lamentamos que dois candidatos que tem a pretensão de governar o Paraná se mostrem favoráveis a uma proposta que significa o retrocesso para a vida dos paranaenses. Reduzir ou congelar salário é deixar de injetar dinheiro na economia do estado!, disse o presidente da Força, Sérgio Butka.

A manifestação da Força Sindical ignorou a nota da candidata Gleisi Hoffmann (PT) emitida na quarta-feira (20) negando ter assinado compromisso de baixar o piso regional. Sou a favor da manutenção do salário mínimo regional e qualquer alteração passa por amplo diálogo com todos os segmentos da sociedade envolvidos nesta discussão!, afirmou Gleisi.

A Força também emitiu nota em agradecimento ao posicionamento do candidato ao governo Roberto Requião (PMDB), que se mostrou totalmente contrário a proposta da Fiep, afirmando que em seu governo a formula de reajuste para o piso regional vai continuar sendo a reposição da inflação mais o índice de produtividade estadual.

O Piso Mínimo Regional foi criado em 2005, pelo então governador do Paraná, Roberto Requião, e atualmente beneficia mais de 1 milhão de trabalhadores que não tem convenção ou acordo coletivo de trabalho. Também serve de referência, puxando para!  cima as negociações salariais de várias categorias profissionais do estado.

Leia a seguir as duas notas da Força Sindical:

Nota de repúdio da Força Sindical do Paraná à  postura dos candidatos ao governo Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffman (PT) em relação à  proposta da FIEP sobre!  o Piso Mínimo Regional do Paraná

Lamentamos e repudiamos a postura dos candidatos ao governo do Paraná, Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffmann (PT),!  por terem se posicionado a favor da proposta da Federação das Indústrias do Estado do Paraná!  – FIEP – para o Piso Mínimo Regional.!  A nosso ver, a proposta representa um retrocesso ao avanço social e ao desenvolvimento econômico do Paraná.!  Hoje, o piso mínimo

29 de setembro de 2013
por esmael
13 Comentários

Veja essa: Batman (Francischini) deixa o mundo do crime para ser sindicalista

Deputado Francischini, conhecido como Batman, pelo mandato que fez focado no mundo do crime, agora busca uma nova roupagem; chefe do Solidariedade no Paraná, o ex-tucano filiou na nova sigla pesos-pesados do sindicalismo, neste domingo, como o presidente da Força Sindical, o Nelsão, e Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos; também ingressou no partido Ariosvaldo Rocha (Ari), presidente do Sindicato dos Comerciários de Curitiba.

Deputado Francischini, conhecido como Batman, pelo mandato que fez focado no mundo do crime, agora busca uma nova roupagem; chefe do Solidariedade no Paraná, o ex-tucano filiou na nova sigla pesos-pesados do sindicalismo, neste domingo, como o presidente da Força Sindical, o Nelsão, e Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos; também ingressou no partido Ariosvaldo Rocha (Ari), presidente do Sindicato dos Comerciários de Curitiba.

O presidente estadual do Solidariedade, Fernando Francischini, informa que as principais lideranças sindicais que compõem a diretoria da Força Sindical no Paraná e na Grande Curitiba ingressaram neste domingo (29) no novo partido. Leia mais