22 de novembro de 2013
por Esmael Morais
27 Comentários

Tribunal de Justiça pode “sequestrar” contas do governo Richa, alerta OAB

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) poderá determinar o sequestro das contas do governo do estado do Paraná para receber o valor R$ 40 milhões de depósitos atrasados relativos a precatórios. O alerta é o advogado Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraná. ... 

Leia mais

10 de outubro de 2013
por Esmael Morais
42 Comentários

Regina Pessuti consegue anular “desaposentação” na Justiça

Novo presidente do TJ-PR, desembargador Guilherme Luiz Gomes, deu provimento ao mandado de segurança impetrado pela ex-primeira-dama, Regina Pessuti, contra ato de Rossoni que a "desaposentava"; segundo o relator do processo, houve "ofensa ao contraditório e à  ampla defesa"; tucano vem colecionando derrotas no front judicial em sua luta udenista à  frente da Assembleia Legislativa.

Novo presidente do TJ-PR, desembargador Guilherme Luiz Gomes, deu provimento ao mandado de segurança impetrado pela ex-primeira-dama, Regina Pessuti, contra ato de Rossoni que a “desaposentava”; segundo o relator do processo, houve “ofensa ao contraditório e à  ampla defesa”; tucano vem colecionando derrotas no front judicial em sua luta udenista à  frente da Assembleia Legislativa.

A ex-primeira-dama do estado Regina Pessuti conseguiu anular na Justiça ato do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Valdir Rossoni (PSDB), que a “desaposentava” depois de 28 anos de atividade na Casa. ... 

Leia mais