22 de novembro de 2013
por esmael
27 Comentários

Tribunal de Justiça pode “sequestrar” contas do governo Richa, alerta OAB

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) poderá determinar o sequestro das contas do governo do estado do Paraná para receber o valor R$ 40 milhões de depósitos atrasados relativos a precatórios. O alerta é o advogado Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraná. Leia mais