Casal Rosângela “Janja” e Sergio Moro planeja morar em Brasília

O ex-juiz Sergio Moro (União-PR) e a advogada Rosângela Moro (União-SP), sua Janja Moro, planejam morar em Brasília a partir de fevereiro de 2023.

Apesar de disseminar que poderá concorrer ao governo do Paraná, contra a reeleição de Ratinho Junior (PSD), Moro está mesmo de olho em um foro privilegiado – possível com mandato parlamentar no Senado ou na Câmara.

Conflagrado, o União Brasil, seção Paraná, já empenhou a palavra com Ratinho Junior.

À luz da decisão do TSE, de que partidos coligados para concorrer ao governo do estado não podem fazer outra aliança para o cargo de senador, as portas vão se fechando para Moro.

Ratinho Junior jurou apoio ao deputado bolsonarista Paulo Martins (PL) na corrida pelo Senado.

O senador Alvaro Dias (PODE) também está nessa fila do gargarejo patrocinada pelo governador do Paraná.

A tendência é que Moro concorra à Câmara dos Deputados, se não houver impedimentos legais, haja vista que o PT levanta a tese de inelegibilidade do ex-juiz Lava Jato.

Suponhamos que Sergio Moro seja eleito deputado federal pelo União do Paraná. Necessariamente, ele terá de morar em Brasília.

Fiel ao slogan que criou para o marido – “Eu MORO com ele” -, Janja Moro estuda disputar [também] a Câmara pelo estado de São Paulo.

Segundo luas-pretas e marqueteiros ouvidos pelo Blog do Esmael, a mulher do ex-juiz pode arrebentar a boca do balão na disputa de deputado em SP.

– Ela pode ter o desempenho que teve Joice Hasselmann na eleição de 2018 – avaliou um desses alquimistas ligados ao lavajatismo.

Há quatro anos, na aba do agora presidente cessante Jair Bolsonaro (PL), Joice conseguiu um pouco mais de 1 milhão de votos à Câmara pelo estado de São Paulo.

Veja também  Governo relaxa restrições enquanto novo surto de Covid pode estar chegando

Em comum, além de apoiadoras da finada Lava Jato, Janja Moro e Joice Hasselmann são paranaenses.

A mulher de Moro é de Curitiba, enquanto Joice é natural do município de Ponta Grossa, a 110 km da capital do Paraná.

Se for agraciada pelos eleitores de SP, Janja Moro, a mulher do ex-juiz, obviamente, também vai ter direito a auxílio-moradia em Brasília.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.