11 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
38 Comentários

Prefeita de Campo Mourão denuncia armação política! do Palácio Iguaçu contra Gleisi Hoffmann

Regina Dubay (PR) é prefeita do município de Campo Mourão, região Centro-Oeste do Paraná. Primeira mulher a governar a cidade, nas eleições de 2012 ela derrotou no “olho clínico” o ex-prefeito Taulio Tezelli (PPS) — compadre do líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno, o homem do “voto limpo”.

A prefeita foi eleita com apoio da então ministra-chefe da Casa Civil, agora senadora Gleisi Hoffmann (PT), e do senador Roberto Requião (PMDB).

Pois bem, Regina, uma pedagoga de 45 anos, começou fevereiro dentro de um verdadeiro turbilhão. Denúncias na velha mídia apontando a existência de uma quadrilha! agindo na Prefeitura mourãoense a pegou de surpresa. Em um primeiro momento, atônita, chorou. No segundo, determinou rigor na apuração dos fatos. Por último, foi atrás das digitais do ataque à  sua administração.

Regina Dubay enxergou dedo do Palácio Iguaçu, sede do governo estadual, na “armação” triangulada pelo PSDB, Solidariedade e PPS para tirá-la do cargo. A prefeita vê sexismo na ação dessas forças políticas, pois, além de atingir a ela própria, as denúncias visam macular a imagem da senadora Gleisi Hoffmann — de quem é coordenadora da pré-campanha ao governo do Paraná.

“Por que o Gaeco não agiu com a mesma vontade em relação à  denúncia de propina de R$ 500 mil para Pepe Richa, o irmão do governador, conforme denúncia da revista Istoà‰? Ninguém viu a mesma destreza dos agentes no caso do secretário da Infraestrutura”, comparou prefeita.

Apesar da forte crítica ao Gaeco, Regina se coloca à  disposição do órgão e da Justiça para provar a “armação política” contra sua gestão na Prefeitura de Campo Mourão. “Os coronéis da cidade ainda não se conformam de terem perdido a eleição para uma mulher. Eles têm uma visão sexista do mundo, machista”, dispara.

A prefeita Regina Dubay diz que tem mais um motivo para acreditar numa armação política! para desestabilizá-la, pois, segundo ela, seu vice e principal conspirador, Rodrigo Salvadori, é do mesmo partido do deputado Fernando Francischini !“ o Solidariedade (SDD).

A seguir, leia a íntegra da nota oficial da prefeita Regina Dubay:

Nota Oficial

Diante dos fatos acontecidos envolvendo servidor da Secretaria da Saúde, e surpreendida pela notícia de que o vice-prefeito Rodrigo Salvadori entregou pedido de exoneração do cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico, e ainda pensando no povo de Campo Mourão e no trabalho que estamos fazendo para o desenvolvimento de nossa cidade,

Venho de público esclarecer:

-Quanto ao delito penal que querem impor aos servidores desta administração sobre fatos ocorridos na Secretaria da Saúde e que culminaram com a prisão de um servidor: ainda não tomei conhecimento total do processo que está na Gaeco, mas desde quarta-feira já nos colocamos à  disposição para colaborar a ajudar no esclarecimento dos fatos ocorridos e pronta a tomar as medidas que se façam justas para estabelecer a verdade e a ordem. Até o momento temos apenas as informações obtidas através da imprensa. Mesmo assim, já determinei a Procuradoria Geral do Município que acompanhe pessoalmente todo procedimento junto a Gaeco e instaure imediatamente uma sindicância para apurar os fatos noticiados. Estamos a total disposição da justiça para prestar esclarecimentos ou apresentar as informações e documentos solicitados para elucidar o mais breve possível este incidente.

-Não me omiti das minhas funções em momento algum e tenho cumprido minha agenda de trabalho como espera o povo Mourãoense que me elegeu. Estive, na quinta-feira e sexta-feira em Curitiba com reuniões no Detran e DNIT, no sábado entreguei ambulâncias na cidade, e viajo para Brasília neste começo da semana com agenda importante no Ministério das Cidades, tratando de projetos de moradias, entre outros compromissos com o Governo Federal agendados desde o final de 2013.

-Nunca fui procurada por nenhum funcionário reclamando ou denunciando a prática de recolhimento de dinheiro dos cargos comissionados na prefeitura, muito menos por meu vice-prefeito.

-Quanto à  Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo