Lewandowski na seleção de Lula

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, poderá integrar a seleção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo uma boa fonte do Blog do Esmael, Lewandowski será o ministro da Justiça.

O Ministério da Justiça será cindido da Segurança Pública.

O próximo ministro da Segurança Pública, salvo mundança de plano de última hora, será o AGU Jorge Messias.

No entanto, essa reforma ministerial terá início após a sabatina de Flávio Dino no Senado, quarta-feira (13/12).

Economia

Dino é o atual ministro da Justiça e Segurança Pública e irá assumir vaga no Supremo Tribunal Federal.

Além dessas mudanças, Lula também poderá escalar para o time do governo a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, que ocuparia a Chefia da Casa Civil, substituindo Rui Costa, que iria para a Petrobras.

O CEO Jean Paul Prates deixaria a petrolífera para concorrer à Prefeitura de Natal (RN).

O discurso do presidente Lula na Conferência Eleitoral do PT na sexta (8/12), em Brasília, abordou a dificuldade de comunicação do governo com os setores da sociedade brasileira.

O presidente reconhece que essa lacuna compromete o embate ideológico e pode resultar em derrotas políticas vindouras.

SECOM, Secretaria da Comunicação Social da Presidência da República, também pode ser alvo de mudanças na reforma ministerial.