Apagão na Globo

A TV Globo e seus jornalões vem cobrindo sistemática e factualmente o apagão no Amapá, que já dura 18 dias.

A empresa de comunicação dos Marinho também registrou o afastamento das diretorias da ANEEL e do ONS.

O diabo é que deu apagão no cérebro do jornalismo da Globo, que não consegue dizer ao distinto público que o sistema de energia foi privatizado no estado –por isso não funciona e os amapaenses estão na escuridão.

Em todas as reportagens da Globo, até o momento, não há a menção à Gemini Energy, empresa estrangeira que atua nos 14 municípios amapaenses atingidos pelo apagão.

A Gemini Energy é a sucessora da espanhola Isolux, que entrou em recuperação judicial e era dona da empresa de energia privatizada no Amapá.

Ou seja, houve apenas uma troca de nomes: a Isolux passou a se chamar Gemini Energy.

Deu apagão na Globo.

Apagão: TSE remarca eleição em Macapá para dezembro

Apagão no Amapá derruba diretoria da ANEEL

Apagão de Bolsonaro e Alcolumbre volta deixar Amapá às escuras

Apagão

Macapá tem nova noite de protestos contra ‘apagão de Bolsonaro’

Apagão no Amapá é a cara do governo Bolsonaro e do senador Alcolumbre

Compartilhe agora