TCU desconfia ter mais militares no governo do que nos quartéis

Que quartel, que nada.

O Globo desconfia que exite mais militares no conforto do ar condicionado do governo que nos quartéis, seu habitat natural.

O jornalista Lauro Jardim, colunista do Globo, registra que o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu contar quantos militares têm no governo Bolsonaro.

Segundo o colunista do Globo, o Plenário do TCU decidiu nesta quarta-feira (17) por unanimidade fazer o levantamento da quantidade de militares da ativa e da reserva ocupando cargos civis no governo federal.

LEIA TAMBÉM

Em um cálculo mais conservador, estima-se em três mil militares distribuídos em cargos estratégicos na União.

Jardim afirma que o TCU vai apurar os dados e compará-lo com os dos últimos três anos, “a fim de avaliar a situação e divulgarmos esses dados à sociedade”.

O tribunal foi movido pelas “constantes as alusões a uma possível militarização excessiva do serviço público civil”.

O ministro Bruno Dantas, autor da proposta, ressalta ser importante que a sociedade saiba exatamente quantos militares, ativos e inativos, ocupam atualmente cargos civis, dados os riscos de desvirtuamento das Forças Armadas que isso pode representar, considerando seu papel institucional e as diferenças entre os regimes militar e civil.