STF afasta ministro do Trabalho

Publicado em 5 julho, 2018
Compartilhe agora!

A reforma trabalhista de Michel Temer deixou uma maldição no Ministério do Trabalho, pois, nesta quinta (5), o titular da pasta Helton Yomura foi afastado do cargo pelo Supremo e a Polícia Federal faz busca e apreensão no gabinete do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP).

LEIA TAMBÉM
Cristiane Brasil joga a toalha e desiste do Ministério do Trabalho

A nova fase da Operação Registro Espúrio, deflagrada pela PF hoje, foi autorizada pelo ministro Edson Fachin.

A Operação Registro Espúrio investiga uma suposta organização criminosa integrada por políticos e servidores que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho.

Há exata um mês, em Genebra (Suíça), Helton Yomura foi vaiado ao atacar Organização Internacional do Trabalho (OIT) por defender a reforma trabalhista no Brasil e afirmar que os reais motivos das críticas à retirada de direitos dos trabalhadores “são de ordem monetária”, isto é, “sindicatos teriam perdido a boquinha na gestão Temer com o fim do imposto sindical.”

Na manhã nesta quinta, porém, “Deus” castigou o ministro linguarudo.

Compartilhe agora!