Ciro Gomes olhando para o lado

Tic-tac: Ciro jura que vai até o fim

Google News

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) lidou nesta quarta (11/05) com ataques especulativos sobre sua desistência da corrida presidencial.

– É simplesmente impossível eu retirar a minha candidatura – jurou ele. “Digo mais: vou até o fim e vencerei no 2º turno.”

Ciro adota o discurso de salvador para negar sua desistência.

– Quem prega o contrário [a pré-candidatura], não está enxergando o perigo que o Brasil corre – disse.

O pedetista recorreu à inteligência – e amor pelo Brasil – dos que defendem o seu recuo.

Segundo Ciro, com ele fora da disputa, o risco seria maior para Lula e para a nação sua retirada do páreo.

– Ou alguém acredita que 70% da população das regiões mais desenvolvidas votaram em Bolsonaro se não pelo cruzamento da pior crise econômica com o mais generalizado escândalo de corrupção já desvendado em nossa história? Pensam que a tragédia Bolsonaro apagou isto tudo? – argumentou ele.

Ciro Gomes pediu autocrítica do lulismo e mudança no eixo da campanha com soluções verdadeiras.

– Para mim, há um caminho sem limites de crescimento porque tenho programa, tenho passado limpo e uma infatigável disposição para a luta – comparou.

A despeito do apelo de Ciro, para continuar no jogo, cresce a pressão nos diretórios estaduais do PDT para a construção de chapa presidencial de oposição única.

Tic-tac.

Veja também  Senado fará sessão especial em homenagem a José Sarney