8 de março de 2016
por Esmael Morais
13 Comentários

Por Fruet, vereador Stica e secretário Cordiolli abandonam o PT

O vereador de Curitiba Jonny Stica oficializou nesta terça-feira (8) sua saída do Partido dos Trabalhadores. Ele aproveita a janela da infidelidade para migrar a outra legenda da base do prefeito Gustavo Fruet (PDT).

O secretário Municipal de Cultura (Fundação Cultural), Marcos Cordiolli, também encaminhou carta de desfiliação ao diretório municipal.

Na semana passada, o PT já havia recebido comunicado de desligamento do vereador Pedro Paulo.

De três eleitos em 2012, o partido agora conta apenas com uma vereadora, Professora Josete.

O curioso nisso tudo é que saíram três “pesos-pesados” em uma semana, mas o PT recebeu 50 novos pedidos de filiação nesse período. Ou seja, o fluxo de entrada é maior que o de saída.

Os petistas lançarão na capital paranaense candidatura própria com o deputado Tadeu Veneri.

Leia mais

26 de novembro de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

PT perde mais um secretário para Fruet; debandada continua

Nas vésperas do encontro municipal, neste sábado (28), quando formalizará o rompimento com a gestão de Gustavo Fruet, o PT perde mais um secretário que estava “emprestado” para o quase ex-aliado pedetista.

Segundo o colunista social Reinaldo Bessa, do jornal Gazeta do Povo, na edição desta quinta-feira (26), o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, escolheu desfiliar-se do PT a romper com Fruet.

No começo deste mês, os petistas já perderam para o aliado do PDT a secretária Municipal da Mulher, Roseli Isidoro, e o administrador regional do CIC, Ton Vargas, além de uma penca de comissionados do baixo escalão, que viram mais perspectivas no projeto reeleitoral de Fruet.

O PT deverá aprovar sábado o rompimento com Fruet, pois pretende lançar o deputado Tadeu Veneri à Prefeitura de Curitiba.

“Anteriormente, o PDT era tido como nosso aliado prioritário, mas, agora, depois desse assédio, cresce a possibilidade de composição com o PMDB num eventual segundo turno”, havia dito ao Blog do Esmael, no começo de novembro, o presidente municipal do PT de Curitiba, Natalino Bastos.

Leia mais

13 de novembro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

PT x PT: Militantes de cultura publicam manifesto questionando gestão da Fundação Cultural de Curitiba

acorda.jpg

Foi lançado nesta quinta-feira (13) um manifesto cobrando promessas de campanha do prefeito Gustavo Fruet (PDT) para área da cultura e criticando a gestão da Fundação Cultural de Curtitba (FCC), encabeçada pelo petista Marcos Cordiolli.

Chamado de Não é só por 1%! em uma referência à  promessa de aplicação de 1% do orçamento municipal na área, o texto é assinado por artistas e militantes da cultura e das artes de Curitiba, muitos deles filiados ao próprio PT.

As críticas à  gestão de Cordiolli na FCC não são novidade. Os! artistas, trabalhadores e militantes da área não escondem a decepção! com a gestão da cultura, das artes e do patrimônio municipal. A falta de verbas para financiar projetos é um dos motivos, mas não é o único. O texto fala em! crise! administrativa e inépcia da atual gestão da Fundação.

O que se comenta é que a administração! petista na FCC é lenta e antidemocrática, o que seria inclusive um dos motivos da baixa votação do deputado federal Angelo Vanhoni (PT), que não conseguiu se reeleger; pois os gestores da Fundação são militantes do seu grupo político, e os desmandos na área teriam causado um forte estrago na base que lhe foi fiel por mais de duas décadas.

O Manifesto Não é só por 1%! está publicado no endereço acordaculturacuritiba.com! e está aberto a adesões pela internet. Lá é possível conferir quem já aderiu. Leia mais