17 de julho de 2014
por Esmael Morais
42 Comentários

Dilma vence no 1!º turno, diz Datafolha

De acordo com o instituto, Dilma Rousseff (PT) tem 36%, Aécio Neves (PSDB) possui 20%, Eduardo Campos (PSB) obteve 8% e Pastor Everaldo (PSC) aparece com 3%. No levantamento, 13% votam em branco ou nulo e 14% estão indecisos; Considerando apenas os votos válidos, dentro da margem de erro que é de 2%, a petista venceria no primeiro turno se as eleições fossem hoje.

De acordo com o instituto, Dilma Rousseff (PT) tem 36%, Aécio Neves (PSDB) possui 20%, Eduardo Campos (PSB) obteve 8% e Pastor Everaldo (PSC) aparece com 3%. No levantamento, 13% votam em branco ou nulo e 14% estão indecisos; Considerando apenas os votos válidos, dentro da margem de erro que é de 2%, a petista venceria no primeiro turno se as eleições fossem hoje.

O Jornal Nacional, da TV Globo, divulgou na noite desta quinta (17) nova pesquisa do Datafolha sobre a disputa pela Presidência da República. ... 

Leia mais

6 de junho de 2014
por Esmael Morais
21 Comentários

Datafolha: Dilma cai a 34%; adversários patinam nos 35%

do Brasil 247

Segundo nova pesquisa sobre sucessão presidencial do Instituto Datafolha, presidente perdeu três pontos nas intenções de voto, caiu de 37% a 34%; desde fevereiro, queda foi de dez pontos percentuais; em contrapartida, seus principais adversários não cresceram: Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) tiveram variação negativa, o mineiro foi de 20% a 19%, enquanto o pernambucano oscilou de 11% a 7%; quem avançou, foi o Pastor Everaldo, do PSC, que chegou a 4%; taxa de eleitores sem candidato bateu recorde que vinha desde 1989, com 30%; aprovação ao governo Dilma também caiu para 33% e se aproximou do auge dos protestos de 2013; no segundo turno, Dilma venceria Aécio por 46% a 38%.

Segundo nova pesquisa sobre sucessão presidencial do Instituto Datafolha, presidente perdeu três pontos nas intenções de voto, caiu de 37% a 34%; desde fevereiro, queda foi de dez pontos percentuais; em contrapartida, seus principais adversários não cresceram: Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) tiveram variação negativa, o mineiro foi de 20% a 19%, enquanto o pernambucano oscilou de 11% a 7%; quem avançou, foi o Pastor Everaldo, do PSC, que chegou a 4%; taxa de eleitores sem candidato bateu recorde que vinha desde 1989, com 30%; aprovação ao governo Dilma também caiu para 33% e se aproximou do auge dos protestos de 2013; no segundo turno, Dilma venceria Aécio por 46% a 38%.

A presidente Dilma Rousseff segue na frente das intenções de voto para a Presidência, segundo pesquisa Datafolha concluída nesta quinta-feira (5). ... 

Leia mais