27 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em O estranho fetiche de Bolsonaro pelo Estado de Israel

O estranho fetiche de Bolsonaro pelo Estado de Israel

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem vários fetiches, além daqueles com a comunidade LGTB, dentre os quais um é mais estranho: pelo Estado de Israel. ... 

Leia mais

18 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro concede Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul ao primeiro-ministro de Israel

Bolsonaro concede Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul ao primeiro-ministro de Israel

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) concedeu a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, no grau de Grã-Cruz, ao primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. O decreto com a concessão foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (18).

A concessão ocorre menos de um mês depois da primeira visita de Netanyahu ao Brasil. Na ocasião, ele classificou o país como “grande potência”.

“É uma grande mudança com Bolsonaro. Estou contente por podermos começar uma nova era entre Israel e a grande potência chamada Brasil”, disse Netanyahu, escreveu o primeiro-ministro em sua conta no Twitter.

Em seu país, Netanyahu é investigado por corrupção, fraude e abuso de confiança.

Com informações da Agência Brasil Leia mais

30 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Netanyahu é vaiado e desiste de visita ao Cristo Redentor

Netanyahu é vaiado e desiste de visita ao Cristo Redentor


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, teve frustrada a visita que faria ao Cristo Redentor neste domingo (30), no Rio de Janeiro. A chegada do chefe de governo israelense provocou uma extensa fila de turistas que aguardavam transporte para sair da área de embarque e desembarque do monumento. Irritados, vaias e apupos foram dirigidas à comitiva israelense.

Com a chegada do chefe de governo, as vans pararam de subir para buscar os passageiros, formando uma extensa fila.

Sua mulher, Sara, desceu com o filho e fez uma visita de 15 minutos ao Cristo. Netanyahu permaneceu no veículo por razões de segurança.

*Com informações das Agências Leia mais

30 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro garantiu mudança da embaixada para Jerusalém, diz Netanyahu

Bolsonaro garantiu mudança da embaixada para Jerusalém, diz Netanyahu

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou neste domingo (30) que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) garantiu a mudança da embaixada brasileira para Jerusalém.  “Bolsonaro disse “eu vou mudar a embaixada para Jerusalém, não é uma questão de ser, mas uma questão de quando”, disse o primeiro-ministro.

A afirmação de “Bibi” Netanyahu ocorreu durante encontro com a comunidade judaica no Hotel Hilton Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro.

O governo israelense acredita que não haverá retaliação das nações árabes contra o Brasil devido à mudança do local da sede da embaixada brasileira.Os contatos entre o futuro presidente e o representante do governo israelense podem resultar em parcerias econômicas nas áreas de segurança, agricultura e planos de gestão hídrica. Leia mais

26 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Premier de Israel estará na posse de Bolsonaro, diz embaixador

Premier de Israel estará na posse de Bolsonaro, diz embaixador


O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley , declarou nesta quarta-feira (26) que o primeiro-ministro de seu país, Benjamin Netanyahu , estará na posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), no próximo dia 1º de janeiro, segundo informação do jornal O Globo.

Shelley afirmou que não são verdadeiros os rumores de que Netanyahu ficaria no Brasil apenas para se reunir com Bolsonaro na sexta-feira (28) no Rio de Janeiro. Leia mais

30 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Benjamin Netanyahu confirma presença na posse de Bolsonaro

Benjamin Netanyahu confirma presença na posse de Bolsonaro

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, confirmou que virá ao Brasil prestigiar a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que acontecerá em 1º de janeiro de 2019.

A informação foi divulgada pela equipe do presidente eleito e confirmada pela Embaixada de Israel.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro bate continência para assessor de Donald Trump; assista ... 

Leia mais

11 de julho de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Ataques de Israel à  Faixa de Gaza já mataram mais de 100 nesta semana

Os ataques de Israel aos palestinos na Faixa de Gaza iniciados na terça-feira (8) já mataram ao menos 100 pessoas. Metade seria de civis. Cerca de 600 pessoas, a maioria civis, ficaram feridas. No último incidente, na madrugada desta sexta-feira, três pessoas morreram dentro de uma casa na cidade de Rafah, no sul do território. Não há relatos de mortos em Israel.

Segundo Israel, militantes palestinos lançaram cerca de 500 foguetes de Gaza contra o território israelense desde terça-feira. Os foguetes teriam sido interceptados e neutralizados por sistemas de defesa antimísseis. Pelo menos um foguete foi lançado do sul do Líbano em direção ao norte de Israel na manhã desta sexta-feira.

O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que a operação israelense lançada na terça-feira contra alvos do Hamas está “progredindo como planejado” e deve entrar em nova fase. Ele não precisou os detalhes. O premiê israelense não deu indicações de quando ou se as tropas farão intervenções terrestres.

Na quinta-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, fez um apelo para que israelenses e militantes palestinos interrompam as hostilidades, argumentando que o Oriente Médio “não tem como arcar com outra guerra”. Chefes de Estado de diversos países também fizeram apelos pelo fim dos ataques e pela retomada das negociações de paz.

Com cartazes de “Não matarás” e “Cadáveres não trarão segurança”, ativistas israelenses protestam contra ofensiva militar do seu país. As principais ONGs de direitos humanos do país divulgaram informações sobre as vítimas dos bombardeios israelenses no enclave palestino e grupos de esquerda organizam manifestações nas ruas das grandes cidades.

A primeira manifestação ocorreu na quarta feira (9), no centro de Tel Aviv. Cerca de 100 ativistas se reuniram em Leia mais