Rússia ‘continuará na Ucrânia até que todos os objetivos sejam alcançados’

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, conversou com repórteres em seu briefing regular, onde disse que a Rússia continuará sua “operação” militar na Ucrânia até que todos os seus objetivos sejam alcançados

Referindo-se aos territórios controlados pela Rússia em Luhansk e Donetsk, Peskov disse neste 100º dia de guerra na Ucrânia:

– Um dos principais objetivos da operação é proteger as pessoas no DNR (República Popular de Donetsk) e LNR (República Popular de Lugansk). Foram tomadas medidas para garantir a sua protecção e alguns resultados foram alcançados.

Ele também falou sobre o encontro entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente da União Africana, o presidente do Senegal, Macky Sall, em Sochi, ainda hoje.

A visita de Sall e do presidente da Comissão da União Africana à Rússia está prevista “em meio aos esforços da presidência para contribuir para a desescalada em meio à guerra na Ucrânia e para liberar estoques de cereais e fertilizantes, cujo bloqueio afeta particularmente países africanos”, lê-se num comunicado do gabinete de Sall.

A agenda do encontro incluirá a “profunda preocupação do continente africano com a crescente crise alimentar e falta de fertilizantes”, disse Peskov.

Ele acrescentou que Putin dará ao presidente senegalês uma explicação “exaustiva” do que realmente está acontecendo com os grãos ucranianos.

O tema dos grãos ucranianos também estará no topo da agenda quando o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, visitar a Turquia na próxima semana, disse o Kremlin.

The Guardian
Veja também  No Paraná, Ciro Gomes lança pré-candidato do PDT ao Senado contra Alvaro Dias