Requião marcha hoje às 10h em Colombo, região metropolitana de Curitiba

Daqui a pouco, a partir das 10h, o ex-senador Roberto Requião, pré-candidato do PT ao governo do Paraná, marcha pelas ruas do município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, nas proximidades do Terminal Maracanã.

Colombo, com 153.068 eleitores, é o terceiro maior colégio eleitor na região metropolitana. Só fica atrás de Curitiba e São José dos Pinhais.

Se dizendo censurado pela velha mídia corporativa, Requião então resolveu realizar a caravana – ele já visitou 18 regiões do estado – e ir às ruas para furar o bloqueio da ditadura da opinião única no Paraná.

Além de caminhadas nessa pré-campanha, Requião associou sua imagem à de Lula – líder absoluto nas pesquisas de intenção de votos.

Segundo o Datafolha, o ex-presidente Lula tem 48% ante 27% do presidente cessante Jair Bolsonaro. Em votos válidos, o petista tem 54% ante 30%.

Na disputa pelo Palácio Iguaçu, há algo inusitado, de acordo com relatos de Requião.

– O Rato tem se escondido. Ele não opina sobre nada achando que isso vai isentá-lo de cobranças e garantir sua reeleição – constata o pré-candidato da frente de esquerda. De acordo com ele, o Paraná sem governo e a cadeira está vazia no Palácio Iguaçu.

– Não há governo no Paraná. Por isso eu coloco a minha pré-candidatura para preencher, numa eleição democrática, esse vazio que o estado tem, de não existir um governador de verdade, e a inexistência do estado na defesa dos interesses do povo – fulminou Requião esta semana.

O município de Colombo, a 18 km de Curitiba, tem 246 mil habitantes.

Veja também  Que fase! Sergio Moro procura Michel Temer, o "Vampirão Neoliberalista"