GrecaCaro: ônibus caro disparou a inflação no Paraná, a maior do País

► Ficou ruim? Mude o governo!

Se existia o BolsoCaro e o RatoCaro, agora também tem o GrecaCaro.

Curitiba teve a maior inflação para o mês de março no País, segundo o IBGE.

Em 2022, Curitiba acumula alta de 4,20% do IPCA.

A variação acumulada da inflação na capital paranaense em doze meses é de 14,37%.

Curitiba tem a passagem mais cara e o ônibus mais cheio do Brasil

O IBGE detalhou os itens que fizeram a inflação disparar em Curitiba:

► ônibus urbano (20,22%)
► gasolina (11,55%)
► etanol (8,65%)

Curitibanos dançam após carnaval com aumento na tarifa de ônibus

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em março, na comparação com fevereiro, foi levantado nas regiões brasileiras pelo IBGE.

Curitiba fez vergonha ao País também no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC): registrou a maior alta em março ante fevereiro com variação de 2,54%.

A carestia de Curitiba afeta diretamente a Região Metropolitana, aponta a pesquisa do IBGE.

Ficou ruim? Mude o governo!