Petistas estudam levar bolo ao STF pelos dois anos sem julgamento do HC de Lula sobre Moro

A militância Lula Live estuda levar um bolo em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), na semana que vem, para lembrar os dois anos que Lula espera pelo julgamento do Habeas Corpus sobre a falta de imparcialidade do então juiz Sergio Moro.

Há exatos dois anos atrás, no dia 4 de dezembro de 2018, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com um Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal. Foi após o então juiz Sergio Moro aceitar o cargo de ministro da Justiça do recém eleito Jair Bolsonaro, o candidato beneficiado com a exclusão de Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesse período muitos fatos comprovaram o que a defesa do ex-presidente Lula diz no Habeas Corpus e nos últimos quatro anos sobre a perseguição contra Lula promovida por Moro: houve os diálogos revelados pela série de reportagens #VazaJato, que comprovaram os acertos entre promotores e juiz e o apoio da Globo contra Lula; reiteradas declarações de Moro sobre ” ringue” ou contra o ex-presidente Lula que mostram sua parcialidade em relação ao ex-presidente, e finalmente Moro ganhar a sociedade de uma empresa de consultoria norte-americana que se beneficiou das suas decisões judiciais.

O julgamento do Habeas Corpus foi iniciado em junho de 2019, mas ainda aguarda conclusão do seu julgamento no STF.

Conheça e leia a íntegra do HC que explica porque os processos contra Lula onde atuou Sergio Moro devem ser anulados.

Clique aqui para ler a íntegra do HC

Haddad: Lula é ‘o cara’ do PT

Paraná Pesquisas: esquerda unida derrotaria Bolsonaro em 2022