Paraná Pesquisas: esquerda unida derrotaria Bolsonaro em 2022

Compartilhe agora

O presidente Jair Bolsonaro sairia derrotado das urnas em 2022 se as esquerdas se unissem desde o primeiro turno. A informação é da Paraná Pesquisas, que divulgou um novo levantamento nesta sexta-feira (4) sobre a corrida ao Palácio do Planalto.

De acordo com a sondagem da Paraná Pesquisas, a soma de todos os candidatos de esquerda –Lula, Ciro Gomes, Guilherme Boulos e Marina Silva– chegaria a 40,3% enquanto Bolsonaro teria 32,9%.

Segundo os números da Paraná Pesquisas, nunca fez tanto sentido a “Frente de Esquerda” com candidato e programas únicos para as eleições presidenciais de 2022.

Confira os números da pesquisa sobre a disputa presidencial de 2022

  • Jair Bolsonaro 32,9%
  • Lula 17,8%
  • Sérgio Moro 11,9%
  • Ciro Gomes 7,7%
  • Guilherme Boulos 4,9%
  • João Doria 3,8%
  • Marina Silva 2,9%
  • João Amoêdo 2,8%
  • Não sabe/Não respondeu 4,6%
  • Nenhum/Branco/Nulo 10,6%

A Paraná Pesquisas ouviu 2036 eleitores brasileiros em 26 estados e o Distrito Federal entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.

Pesquisa aponta Bolsonaro e Lula como favoritos em 2022

Primeiro turno das eleições municipais em Macapá acontece neste domingo (6)

Brasília privatiza companhia de energia em meio à ameaça de apagão