Globo mente ao dizer que “pandemia” bagunçou a economia

Compartilhe agora

A Rede Globo –complexo de jornais, revistas, sites e TVs– mente ao distinto público ao dizer que a pandemia ‘bagunçou’ a economia brasileira em 2020.

Não é verdade que a chegada do vírus ao Brasil, em março, desarticulou as bases do emprego, do consumo e da produção.

A desgraça na economia começou bem antes, ainda em 2019, com o modelo neoliberal de desinvestimentos; com o aumento de desemprego para aviltar os salários; com a retirada de direitos dos trabalhadores; com o desmonte dos serviços públicos essenciais à população.

Atribuir à pandemia a depressão econômica ou é mentira ou canalhice. Talvez o sistema Globo englobe as duas coisas ao mesmo tempo.

As reformas trabalhista e previdenciária, apoiada pela Globo, foram o gatilho para a precarização do mundo do trabalho e reinstituição da modalidade da mão de obra semiescrava no País.

Com exceção das ilhas de prosperidade, entre os ricos, sem massa salarial disponível fica escasso o consumo. Com a ameaça da demissão, os empregados trabalham mais e ganham menos. Com a produção alta surge a superprodução –sem consumo– e o fenômeno da depressão econômica.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, fizeram tudo isso relato acima: desemprego, miséria e fome. Tudo com a retaguarda da Globo e a velha mídia golpista.

A pandemia foi o argumento para o capitalismo se reestruturar e ganhar mais dinheiro nesse período de dor e morte. Também serviu para maximizar os lucros de banqueiros e rentistas cujo representante no governo é Guedes.

O leitor já está careca de saber que a mídia corporativa brasileira há muito deixou de fazer jornalismo para especular no mercado financeiro. Os maiores veículos de comunicação –a exemplo de Folha, Globo, Veja, et caterva –funcionam como braço de fundos de investimentos.

A velha mídia especula com as notícias [inclusive as falsas] para ganhar mais dinheiro. Esses veículos de imprensa não têm compromisso algum com a verdade ou com a sociedade. Eles representam os grupos econômicos nessa disputa pelo poder e controle do orçamento da União.

Resumo da ópera: a economia já estava bagunçada desde o golpe de 2016, apoiado pela Globo, porque pensava-se eliminar a política do pleno emprego e dos salários altos; havia ojeriza da burguesia com a ascensão das classes populares ao mundo do consumo de bens e serviços.

A perigo, Paulo Guedes vai hoje à Câmara debater enfrentamento da covid-19

Alucinado, Paulo Guedes mente ao dizer que Brasil está oficialmente “saindo da recessão”

Jornal Nacional, da Globo, censura Ibope que desaprova Paulo Guedes