Ex-garimpeiro, Bolsonaro prepara liberação da mineração em terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro e ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, participaram nesta segunda-feira (28) do lançamento do Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD). A ação governamental tem como foco a região Amazônica, no Norte do País.

Entre as metas definidas no PMD, estão a regulamentação da mineração em terras indígenas e ampliação de áreas de aproveitamento mineral.

No caso da exploração em áreas indígenas, seu avanço depende de autorização do Congresso Nacional.

No início do ano, o governo apresentou um projeto para regulamentar essa possibilidade, que está prevista na Constituição Federal.

O governo também aponta como meta o combate à atividade minerária irregular e o estímulo à legalização das atividades. O programa completo está disponível na página do ministério na internet.

“Isso nos orgulha e tem mostrado que o Brasil, ao longo dos últimos meses, está realmente indo no caminho certo”, disse Bolsonaro durante o lançamento do programa.

Para quem não sabe, Bolsonaro foi garimpeiro nos anos 80 logo após dar baixa no Exército.

Bolsonaro e Ricardo Salles defender a exploração da Amazônia

Na última quinta-feira (24), dois dias após o discurso virtual na ONU, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, realizaram uma live. Dentre os temas, eles abordaram a exploração econômica da Amazônia.

Segundo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na transmissão, o Brasil é um dos países que mais preserva no mundo.

Salles e Bolsonaro ironizaram que, pela desinformação da mídia, duas Amazônias já foram desmatadas.

“O pessoal foi ganhar troféuzinhos no mundo e deixou 23 milhões [de moradores da região amazônica] para trás”, atacou o ministro. De acordo com ele, a região Norte precisa se desenvolver.

Ricardo Salles disse que os brasileiros que falam mal do Brasil lá fora o fazem porque eles [governo] fecharam a torneira. “Fechamos a torneira. Tinha estudo acadêmico que nunca terminava”, afirmou.

LEIA MAIS SOBRE GARIMPO E BOLSONARO

Bolsonaro promete garimpos na Amazônia durante culto evangélico em Brasília

Bolsonaro não vê problema em desmatar a Amazônia “pois a terra é fértil e logo se recupera”

MPF critica a intenção de Bolsonaro de liberar a mineração em terras indígenas

‘Sonho’ de Bolsonaro é autorizar a ‘invasão de terras indígenas’, alerta dirigente da Apib

Bolsonaro vai liberar mineração em reservas indígenas

Compartilhe agora