Canadá não relata novas mortes por coronavírus pela 1ª vez desde março

Enquanto o Brasil registra neste domingo (13) cerca de 425 novos óbitos, totalizando 131.625 mortes desde o início da pandemia, o Canadá não relatou nenhuma nova morte por COVID-19 na sexta-feira, pela primeira vez em seis meses. A última vez que o país não registrou novas mortes pelo vírus foi em 15 de março, no início dos bloqueios na América do Norte devido à pandemia, relatam as autoridades sanitárias.

Na noite de sexta-feira (11), mais de 6 milhões de pessoas haviam feito o teste de COVID-19 no Canadá, 2,1% dos quais deram positivo. Cerca de 702 novos casos foram relatados na sexta-feira, mas nenhuma nova morte, informou a Agência de Saúde Pública do Canadá.

De acordo com a Agência de Saúde Pública do Canadá, Quebec relatou uma nova morte em 11 de setembro, mas Ontário removeu uma morte relatada anteriormente. Isso significa que o número de mortes relatadas, 9.163, permaneceu inalterado em relação ao dia anterior.

À medida que os números melhoram “lembro-me das maneiras como os canadenses se uniram para reduzir a disseminação do COVID-19”, disse Theresa Tam, diretora de Saúde Pública do Canadá, em comunicado na quinta-feira (10). “Estivemos fisicamente separados um do outro para fazer a curva, mas descobrimos novas maneiras de estar juntos e conectados, enquanto estão distantes.”

A maioria dos casos, 80%, e mortes, 93,7%, foram relatados por Ontário e Quebec.

As fatalidades por coronavírus dispararam em abril e aumentaram continuamente até julho, mostram dados do departamento de saúde do país, antes de começarem a estagnar durante o verão. 71,3% das mortes no Canadá foram de pessoas com mais de 80 anos.

Várias províncias canadenses começaram a diminuir as restrições de bloqueio, à medida que as escolas reabriram para aulas presenciais, resultando em um recente aumento de casos.

Em comparação com os Estados Unidos, seu vizinho do sul, o Canadá teve menos infecções e mortes por coronavírus. O país tinha 137.676 casos de COVID-19 e 9.214 mortes até sábado, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Comparativamente, os EUA ultrapassaram 6,4 milhões de casos e 193 mil mortes até sábado (12).

O Brasil, neste domingo (13), confirmou 4,3 milhões de casos e 131 mil mortes, segundo o Ministério da Saúde.

Com informações da CBS News

LEIA TAMBÉM

  • Covid-19: EUA suspendem restrição de voos saídos do Brasil
  • Covid-19: Brasil registra mais de 131 mil mortes e 814 novos óbitos neste sábado
  • Padilha aciona TCU contra órgão ligado ao Itamaraty por fake news sobre Covid-19
  • Russos continuam liderando corrida pela vacina contra a covid-19
  • Boris Johnson proíbe reuniões com mais de seis pessoas na Inglaterra para conter a Covid-19