Covid-19: Brasil registra mais de 131 mil mortes e 814 novos óbitos neste sábado

O país registrou 131.210 mortes pela Covid-19 e com a notificação de 814 novos óbitos neste sábado (12), segundo atualização do Ministério da Saúde.

O Brasil também registrou 33.523 novos casos confirmados da Covid-19, elevando o total de infecções a 4.315.687. O país é o terceiro em casos acumulados no mundo, após ter sido superado nessa semana pela Índia. Os EUA têm o maior número de infecções.

Estado mais afetado pela Covid-19 no Brasil, São Paulo atingiu as marcas de 890.690 casos e 32.567 mortes, segundo os dados divulgados pelo ministério.

A Bahia aparece como o segundo Estado com mais casos, com 281.665 infecções, e 5.912 mortes. Minas Gerais acumulou até agora 250.190 casos e 6.200 mortes.

O Rio de Janeiro, que tem o quarto maior número de casos, com 240.776 infecções, é o segundo Estado em óbitos, com 16.985 mortes.

Ceará e Pará completam o grupo dos Estados com mais de 200 mil casos de Covid-19 confirmados.

Ainda segundo o ministério, o Brasil tem 3.553.421 pacientes recuperados da doença e 631.056 pessoas em acompanhamento.

LEIA TAMBÉM:

A pandemia acabou?

Professores anunciam greve e recusam voltar às aulas presenciais em 2020

Padilha aciona TCU contra órgão ligado ao Itamaraty por fake news sobre Covid-19

Brasil vai testar vacina de tuberculose contra novo coronavírus

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai testar a vacina contra tuberculose em casos de covid-19. A BCG é conhecida por provocar uma resposta imunológica ampla contra uma série de outros agentes infecciosos.

Além disso, estudos mostram que países com cobertura da BCG têm índices mais baixos de mortes pelo coronavírus por milhão de habitantes.

O estudo, realizado em parceria com a organização de pesquisa médica pediátrica Children’s Research Institute, deve envolver 3 mil profissionais de saúde que estão enfrentando o coronavírus no Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul.

A vacina também será testada na Austrália, Espanha e Reino Unido. Ela é financiada pela Fundação Gates e conta com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A BCG é ministrada em crianças e confere proteção de formas mais graves da tuberculose, como a miliar e a meníngea. A vacina está disponível gratuitamente, nos postos de vacinação das redes de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), incluindo maternidades.