[URGENTE] STJ manda Queiroz de volta para a cadeia junto com a esposa

O ministro Félix Fischer do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acabou de revogar a prisão domiciliar de Fabrício Queiroz. Márcia Aguiar, esposa de Queiroz, também será presa.

A íntegra da decisão ainda não foi divulgada.

A decisão atendeu a um pedido do subprocurador-geral da República Roberto Luís Oppermann Thomé que visava reverter a decisão liminar do presidente do STJ João Otávio Noronha concedida durante o plantão do recesso judiciário ocorrido em julho.

Com o fim do recesso, o pedido da PGR foi destinado ao relator do habeas corpus, o ministro Félix Fischer, e à Quinta Turma do STJ.

Roberto Luís Oppermann Thomé apontou a “inexistência de ilegalidade” na prisão preventiva de Queiroz, cita que a jurisprudência impede a concessão de benefícios para alvos foragidos, como era o caso de Márcia Aguiar, e solicita que seja restabelecida a prisão deles.

“Conquanto cediços cultura jurídica e espírito público do ínclito Ministro Presidente, sua v. decisão monocrática, ora agravada, merece integral reforma para que se respeite até mesmo a percuciente, abalizada e escorreita fundamentação lavrada em oito de dez laudas pela inexistência de ilegalidade alguma na necessária constrição judicial cautelar, e mesmo se resgate o respeito à iterativa jurisprudência pátria que rechaça concessão de benesses a pessoas que se encontrem foragidas da Justiça”, escreveu o subprocurador.

No pedido, o subprocurador-geral ainda solicita que Fischer conceda monocraticamente a reforma da decisão ou leve o assunto para a Quinta Turma do STJ.

“Ante o exposto, o Ministério Público Federal respeitosamente espera que seja por Vossa(s) Excelência(s), de modo monocrático pelo ínclito Ministro relator ou colegiado por esta colenda Turma, provido este agravo regimental/interno/pedido de reconsideração para resgatar a dignidade da função jurisdicional e o respeito devido às decisões prolatadas por juízos competentes e o bom nome e conceito da Justiça”, escreveu.

Será que a ida Queiroz e sua mulher para o xadrez fara que eles falem o que sabem?  O clã bolsonarista deve estar em pânico.

Com informações do Globo

LEIA TAMBÉM
[Vídeo] Polícia do governador Zema ateia fogo em acampamento do MST

Gilmar Mendes participa de live do MST sobre a pandemia nesta sexta-feira

Gleisi rebate PSB e reforça candidatura de Marilia Arraes no Recife

É tanto dinheiro que Flávio Bolsonaro nem lembra como comprou imóveis

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmou ao Ministério Público do Rio (MP-RJ) que não se lembra de ter pago em dinheiro pela compra de dois apartamentos no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, em 2011.

A afirmação revelada pelo O Globo foi em depoimento na investigação das “rachadinhas”; no escândalo que envolve o ex-assessor Fabrício Queiroz.

“Que eu me recorde, não”, afirmou. “Se eu não me engano, foi por transferência bancária esse sinal. Cheques. E, no dia, eu paguei as duas salas junto com a minha esposa no próprio cartório”.

Os promotores do caso descobriram que, no mesmo dia da compra foi registrada por R$ 310 mil, o vendedor efetuou um depósito de R$ 638 mil em dinheiro vivo em um banco que fica a uma rua do cartório onde foi lavrada a escritura.

A suspeita é que a venda foi registrada abaixo dos valores negociados, e o pagamento em espécie foi feito no momento da escritura e com dinheiro oriundo do esquema das rachadinhas.

LEIA TAMBÉM

Com informações do Globo.