Carol Proner propõe mudar nome de Deltan Dallagnol para ‘Deltan Powerpoint Dallagnol’

A jurista Carol Proner usou seu perfil no Twitter nesta quarta-feira (26) para comentar a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que arquivou uma representação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, relacionada ao caso do PowerPoint.

“Proponho que, para todo o sempre, o nome do procurador passe a ser Deltan Powerpoint Dallagnol, porque a canalhice é imprescritível”, escreveu a jurista na rede social.

Em 14 de setembro de 2016, Dallagnol organizou uma coletiva de imprensa em um hotel de Curitiba e apresentou um PowerPoint para explicar a denúncia contra Lula no processo do tríplex de Guarujá (SP). O PowerPoint apontava o ex-presidente como o personagem central do esquema de corrupção na Petrobras. A defesa de Lula acionou o procurador no CNMP no dia seguinte, entre outras coisas, por abuso de poder.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro ganha concurso de “Miss Simpatia” da Paraná Pesquisas; confira o resultado

Ratinho Jr. aumenta a conta de água em 9,62% no meio da pandemia

O julgamento da representação de Lula contra Dallagnol pelo CNMP, que havia sido adiado 42 vezes, ocorreu nesta terça-feira (25) após determinação do ministro do Supremo Edson Fachin. Por unanimidade, os conselheiros entenderam que a punição contra o procurador prescreveu e por isso eles decidiram arquivar o caso.