Bolsonaristas comemoram a ‘eleição’ de Weintraub para o Banco Mundial

Publicado em 31 julho, 2020

O ex-ministro da falta de Educação de Bolsonaro, Abraham Weintraub, foi efetivado como diretor do Banco Mundial nesta quinta-feira (30).

Diversos bolsonaristas, entre os quais o próprio Eduardo Bolsonaro, comemoraram a “eleição” de Weintraub. Confira a postagem de Eduardo pelo Twitter:

.

“Na noite desta quinta-feira, meu amigo Abraham Weintraub foi eleito diretor do Banco Mundial. Parabéns, @AbrahamWeint, boa sorte nesta nova jornada!”

.

O irmão de Abraham, Arthur Weintraub, escreveu também no Twitter:

Abraham Weintraub aprovado como diretor no Banco Mundial. E os marinho, frias, cnn etc, vão botar algum adendo depreciativo na sequência da manchete (tipo “alvo de dois inquéritos”, ou que “sindicato de funcionários foi contra”). Sigam com seus padrões de qualidade de “notícias”.”

.

A efetivação de Weintraub foi comunicada pela Instituição:

“O Banco Mundial confirma que o sr. Abraham Weintraub foi eleito pelo grupo de países (conhecido como constituency) representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago para ser Diretor Executivo no Conselho do Banco”.

“O sr. Weintraub deve assumir seu cargo na primeira semana de agosto e cumprirá o atual mandato que termina em 31 de outubro de 2020, quando a posição será novamente aberta para eleição. Diretores Executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas”, disse o Banco em nota.

.

A ida do ex-ministro para o cargo no Banco Mundial foi uma escolha do presidente Bolsonaro e os demais países somente ratificaram a escolha pela importância do Brasil. Esperamos que Abraham não faça nosso País passar ainda mais vergonha no plano mundial.

LEIA TAMBÉM