Véio da Havan é o próximo a ser preso pela PF, sugere Requião

O ex-senador Roberto Requião (MDB) sugeriu no Twitter, nesta segunda-feira, que o empresário Luciano Hang, o Véio da Havan, será o próximo a ir preso pela Polícia Federal (PF).

“Sou contra a prisão do velho da Havan, Zé Carioca”, escreveu o emedebista, sugerindo uma iminente prisão do bolsonarista.

Em tom de ironia, Requião afirmou que admira as lojas da Havan, “iniciativa de um brasileiro”.

“O Véio da Havan precisa de tratamento, carinho, ele pensa que é um periquito”, disse. “Casa de repouso, psicólogo e,para começar, Rivotril. Eta veinho pirado!”

O ex-senador ainda confessou o desejo de convidar o empresário para almoçar em sua casa, em Curitiba, para os netos colocá-lo numa gaiola.

LEIA TAMBÉM

“Gostaria de trazer o velho da Havan para almoçar aqui em casa. Meus netos iam achar um barato. Eita velhinho maluco! As crianças iam querer pô-lo em uma gaiola!”, debochou.

Na manhã de hoje, a Polícia Federal prendeu a ativista Sara Winter e mais cinco membros do grupo dos 300.

A prisão dos militantes de extrema direita ocorreu dentro do inquérito no STF que investiga o financiamento de protestos antidemocráticos.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, disse que “é imprescindível a verificação da existência de organizações e esquemas de financiamento de manifestações contra a Democracia e a divulgação em massa de mensagens atentatórias ao regime republicano, bem como as suas formas de gerenciamento, liderança, organização e propagação que visam lesar ou expor a perigo de lesão os Direitos Fundamentais, a independência dos Poderes instituídos e ao Estado Democrático de Direito, trazendo como consequência o nefasto manto do arbítrio e da ditadura”.

O empresário Luciano Hang, o Véio da Havan, é apontado como um dos financiadores das fake news bolsonaristas.