Além de Sara Winter, PF busca mais 5 militantes nazibolsonaristas

A Polícia Federal (PF) atua nesta manhã de segunda-feira (15) na busca de mais cinco militantes da extrema-direita bolsonarista que promoveram ataques contra o Supremo Tribunal Federal e participaram de atos antidemocráticos contra as demais instituições da República.

Nesta manhã, já foi efetuada a prisão de Sara Winter, líder do “Acampamentos dos 300”, desmontado no domingo pela Polícia Militar de Brasília.

Eles são ligados ao grupo 300 Brasil, responsável por ataques aos ministros do Supremo.

Os mandados de prisão foram da Procuradoria Geral da República (PGR), com a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF). As prisões estão relacionadas ao inquérito que apura a realização dos atos antidemocráticos e contra o STF.

LEIA TAMBÉM:

O cerco sobre os grupos nazibolsonaristas aponta em direção ao Palácio do Planalto, em particular ao chamado “gabinete do ódio” – que maneja uma campanha permanente de ataques ao STF, ao Congresso Nacional e aos líderes dos partidos de oposição.