Sara Winter é presa pela Polícia Federal após ameaçar ministro do STF

A militante bolsonarista Sara Winter foi presa na manhã desta segunda-feira (15), pela Polícia Federal, após pedido da PGR, com a autorização do Supremo Tribunal Federal. A bolsonarista comandava o chamado “Acampamento dos 300” em Brasília.

Sara ameaçou o ministro Alexandre de Moraes, a militante neonazista afirmou: “a gente vai descobrir os locais que você frequenta e suas empregadas”.

No mês passado, ela foi alvo de mandados de busca e apreensão no inquérito que apura a disseminação de notícias falsas.

LEIA TAMBÉM:

Sara Winter já fez diversas ameaças aos ministros do STF e participa também da rede criminosa de fake news do gabinete do ódio -, comandado por Carlos Bolsonaro.

O inquérito sobre as fake news é conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes.