Bolsonaro quer privatizar creches com dinheiro do Fundeb

Publicado em 11 fevereiro, 2020

O governo Bolsonaro quer privatizar mais de mil creches espalhadas pelo país que estão inacabadas ou paradas. E para isso, planeja usar o dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, o Fundeb.

A ideia (absurda) é oferecer para a inciativa privada as 830 creches inacabadas e 247 paralisadas através do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

As empresas iriam construir ou terminar a obra, e depois iriam administrar a creche. O governo entraria com os recursos do Fundeb para manter as creches funcionando.

Ou seja, pagaria para as empresas terceirizadas para ofertarem a educação e o cuidado das crianças; sabe-se lá com que critérios e com que nível de profissionalismo.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro se acha ‘dono da verdade’ e rompe novamente com a imprensa; assista

Ministério de Moro sabia de operação que resultou na morte de miliciano

Requião: “Quem mandou matar Marielle seguramente ordenou a execução de Adriano”

A legislação do Fundeb não permite esse tipo de interferência privada na educação. Mas a lei do fundo está sendo revisada no Congresso.

Com informações da Folha de São Paulo.