Reinaldo Azevedo: ‘casamento de Bolsonaro com Aras é hétero?’

Compartilhe agora!

O jornalista Reinaldo Azevedo, da Folha e da BandNews, ao repercutir a fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL) perguntou se se tratava de um casamento hétero com o futuro procurador-geral da República, Augusto Aras.

‘Ele falou se era um casamento hétero?’, questionou Azevedo, após ouvir a notícia de que Bolsonaro.

“Ele ainda vai passar pelo Senado, se ele fizer algo errado, é como um casamento. Acho que alguém aqui já separou na vida. Infelizmente, não deu certo. Casamos com as melhores das boas intenções”, disse o presidente nesta quinta (5).

LEIA TAMBÉM
Paulo Jegues: “O véio mais bonito e gostoso do Brasil”

Qual é o problema do governo brasileiro?, reage ex-ministra francesa a ofensa de Guedes

Augusto Aras na PGR é derrota da Lava Jato e humilhação para Moro

Não foi a primeira vez que Bolsonaro usou o casamento como figura de linguagem. Em maio passado, ele disse que seu ‘casamento’ com o ministro Paulo Guedes estava ‘mais forte que nunca’.

As metáforas com casamento e namoro também já foram utilizadas por Bolsonaro para ‘declarar de amor’ para, além de Aras e Guedes, Gustavo Bebianno (ex-ministro da Secretaria Geral), Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e Sérgio Moro (ministro da Justiça).

Em março, por exemplo, Bolsonaro jurou que deu “um abraço hétero” no governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), ante a recorrente temática sexual nas suas falas. Por isso a ironia fina do jornalista Reinaldo Azevedo.

Resumo da ópera: Bolsonaro é infiel e sempre troca de ministros.

Compartilhe agora!