STF leva novas ‘sabugadas’ do Estadão

Publicado em 1 julho, 2018
Compartilhe agora!

Em editorial, o Estadão dá novas sabugadas no Supremo Tribunal Federal. Por linhas tortas, o jornalão detona o ministro Edson Fachin, que despachou recurso de Lula para o plenário ao invés da Segunda Turma.

“O assunto tem enorme relevância, uma vez que não cabe às partes, e tampouco a um juiz, escolher arbitrariamente qual é a instância judicial competente para o feito”, diz trecho do editorial deste domingo (1º) ao defender o princípio do juiz natural previsto na Constituição Federal.

Para o Estadão, o STF é um órgão autoritário que não respeita o Estado Democrático de Direito e “não parece muito afeito a essas questões jurídicas”.

O jornalão paulistano também reclama que os ministros do Supremo decidem monocraticamente por liminares que se convertem em “coisa julgada” definitiva, a exemplo do auxílio-moradia estendido por Luiz Fux para todos os juízes e integrantes do Ministério Público.

Compartilhe agora!