Ministro Luiz Fux será alvo de protesto na Câmara durante votação do auxílio-moradia para juízes

Publicado em 30 janeiro, 2018
Compartilhe agora!

O ministro do Supremo Luiz Fux será alvo de manifestações durante a votação na Câmara, provavelmente em março, do auxílio-moradia de R$ 4,3 mil por mês a juízes e membros do Ministério Público. Caravanas do país inteiro para Brasília já estão sendo organizadas a partir do Paraná.

Em setembro de 2014, Fux concedeu liminar autorizando o pagamento do auxílio-moradia a todos os juízes federais que morem em cidades sem imóvel oficial à disposição, “inclusive nos casos de acumulação”. A decisão encorajou a magistratura a pleitear o benefício também nos estados.

Os deputados planejam “endurecer” a concessão do auxílio-moradia antes de o STF discutir a matéria, isto é, a liminar de Fux.

Voltemos às caravanas.

Coincidência ou não, o alvo dos protestos, o ministro Fux, é o relator da Operação Quadro Negro que investiga milionário desvio de dinheiro da educação para campanhas políticas. O Blog do Esmael já abordou esse tema em novembro do ano passado.

Entretanto, a discussão sobre o auxílio-moradia ganhou relevância esta semana porque veio à tona que o juiz Marcelo Bretas, da lava jato no Rio de Janeiro, recebe indevidamente auxílio-moradia, haja vista que a mulher dele, também magistrada, já recebe o benefício.

Compartilhe agora!

Comments are closed.