Celso Amorim é lembrado para substituir Lula

O embaixador Celso Amorim passou a ser cogitado para disputar pelo PT a Presidência da República, caso Lula seja impedido de concorrer.

Pesquisa do Datafolha divulgada hoje (31) revela que Lula tem potencial (27%) de colocar um representante no segundo turno, se se tornar inelegível.

O diplomata tem sido figura fácil nos atos e comícios petistas em defesa da democracia e por eleições livres. Aliás, foi inciativa dele o manifesto em defesa de Lula que reuniu mais de 200 mil apoios.

Na última Quarta-Feira de Cinza (24), por exemplo, horas depois de o TRF4 condenar o ex-presidente, Celso Amorim discursou na Praça da República, no centro de São Paulo. Ele foi anunciado como o homem que projetou o Brasil para o mundo cuja política externa, sob orientação de Lula, falava grosso com os Estados Unidos e colaborava com os países em desenvolvimento.

Atualmente filiado no PT, Amorim ocupou por duas vezes o cargo de ministro das Relações Exteriores do Brasil.

Além de ser lembrado para substituir Lula, o embaixador Celso Amorim também é cotado para concorrer ao governo do Rio de Janeiro.

Comentários encerrados.