Indústria da multa e ‘vias calmas’ puxam críticas a Fruet na internet

radar_fruetO prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), virou alvo de críticas nas redes sociais.

Nesta terça-feira (17), por exemplo, circula “meme” com uma foto do pedetista com a inscrição “Olá curitibano. Como posso atrapalhar a sua vida hoje?” (sic).

A bronca dos moradores da capital com Fruet tem a ver com a implantação das ‘vias calmas’, locais em que a velocidade máxima foi reduzida para 40 km/h.

Além da redução do limite da velocidade, o prefeito instalou dezenas de novos radares fixos e opera outros móveis, verdadeiros caça-níqueis.

Detalhe da indústria da multa gustavista: esses equipamentos operam sem contrato, via Consilux — aquela empresa das propinas no Fantástico.

Os ônibus são um capítulo à parte, pois não funcionam e, proporcionalmente, têm a tarifa mais cara do país.

Enfim, os curitibanos acordaram esta semana com a sensação de que os serviços essenciais não ineficientes na cidade e a culpa é do prefeito Gustavo Fruet.

Se aquela máxima da Roma Antiga “a voz do povo é a voz de Deus” (vox populi, vox dei), o prefeito pedetista terá de procurar outro emprego no ano que vem. A conferir.

Comentários encerrados.