3 de Abril de 2018
por esmael
Comente agora

Requião Filho: Saúde em último lugar na prefeitura de Curitiba

O deputado Requião Filho (MDB) denuncia que, no aniversário de 325 anos de Curitiba, o prefeito Rafael Greca (PMN) desativou os serviços essenciais de saúde e manteve a pleno vapor a indústria da multa no trânsito. “… afinal a arrecadação das multas não podia parar!”, escreve, ao afirmar que “os curitibanos clamam por mais respeito e dignidade”. Leia mais

16 de agosto de 2016
por esmael
12 Comentários

A máfia dos radares em Curitiba

fruet_radar_marceloO advogado Marcelo Araújo, especialista em multa e trânsito, destaca em sua coluna desta terça (16) a máfia dos radares que atravessou incólume durante toda a gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT), em Curitiba. “Sem que houvesse nova licitação”, denuncia. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto:

16 de Fevereiro de 2016
por admin
13 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Marechal Floriano é o culpado

Download áudio

Marcelo Araújo*

Notícias recentes dão conta de que, num período de dois meses, apenas dois radares instalados na Marechal Floriano fizeram 13 mil autuações, o que daria uma média mensal de 6,5 mil.

Em artigo publicado aqui no Blog do Esmael datado de 29/12/15 eu já alertava da manipulação dos números de autuações ocorridas na área calma, e o que merece ser relembrado é o ofício do prefeito tanto ao vereador Professor Galdino (PSDB) quanto ao Presidente da Câmara, vereador Ailton Araújo (PSC), informando das autuações mensais de TODOS equipamentos entre janeiro e julho de 2015, cuja variação foi entre 21 e 28 mil. Dessa vez o vereador Tico Kuzma (PROS) demonstra sua indignação e pede explicações.

Então significa que agora apenas dois equipamentos geraram o equivalente a ¼ da média de autuações mensais do ano passado. Sem contar o que já foi analisado em relação à área calma? Na reportagem acima a prefeitura ainda chama a Marechal de ‘Via Calma’ de 40Km/h quando o termo ‘Via Calma’ iniciou o uso na Sete de Setembro com velocidade de 30Km/h, e ‘Área Calma’ é um polígono centrar de velocidade de 40Km/h. A intenção realmente é dar um nó na cabeça do cidadão e ainda qualificá-lo de desobediente às leis. Cavar a falta na área (calma?) para ganhar no pênalti?

Voltando ao velho assunto do pátio. Em outubro de 2015 eu já denunciava o descaso em relação ao pátio que foi alugado emergencialmente, e cuja segurança estava sendo feita informalmente pela Guarda e por Agentes, cuja função não é esta.

Pois bem, além de ter sido extinto o serviço de remoção de veículos que obstruem saídas, entre outras, os veículos recolhidos não possuem segurança, e estão sendo constantemente depredados, peças furtadas, e toda sorte de práticas decorrentes da invasão do pátio da Marechal Floriano. Significa que quem for reaver seu carro, e ele tiver sofrido qualquer dano, depreciação ou furto de peças, isso se o carro inteiro não sumiu, tem direito a ser indenizado material e moralmente pela prefeitura.

Naquela oportunidade eu já pedia postura dos Vereadores, Ministério Público e Tribunal de Contas contra esses desmandos. Parece que alguns edis até então fiéis ao alcaide já começam a pesar a conveniência da conivência, avaliando a saída à francesa. Tomando por base o histórico de culpar o passado do nosso ‘Prefeito Sabatina’ podemos sugerir que culpe o Marechal Flori

17 de novembro de 2015
por esmael
9 Comentários

Indústria da multa e ‘vias calmas’ puxam críticas a Fruet na internet

radar_fruetO prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), virou alvo de críticas nas redes sociais.

Nesta terça-feira (17), por exemplo, circula “meme” com uma foto do pedetista com a inscrição “Olá curitibano. Como posso atrapalhar a sua vida hoje?” (sic).

A bronca dos moradores da capital com Fruet tem a ver com a implantação das ‘vias calmas’, locais em que a velocidade máxima foi reduzida para 40 km/h.

Além da redução do limite da velocidade, o prefeito instalou dezenas de novos radares fixos e opera outros móveis, verdadeiros caça-níqueis.

Detalhe da indústria da multa gustavista: esses equipamentos operam sem contrato, via Consilux — aquela empresa das propinas no Fantástico.

14 de agosto de 2015
por esmael
12 Comentários

Indústria da Multa: Suspeita de “cota” para agentes de trânsito multar em Curitiba vai parar na Justiça

difama

A Prefeitura de Curitiba, por meio da secretária municipal de Trânsito, Luiza M. Pacheco Simonelli, protocolou uma denúncia por difamação no Ministério Público contra o advogado Marcelo Araúno, ex-secretário de Trânsito de Curitiba, e colunista do Blog do Esmael, alegando que o antecessor teria denunciado indevidamente a Secretaria (Setran) por estabelecer “cotas” para emissão de autos de infração pelos agentes de trânsito.

O problema é que a denúncia foi feita baseada “em ouvir falar”, pois a secretária afirma na própria denúncia que soube do caso ao participar de um programa de rádio (Rádio Globo AM) e que o apresentador relatou as denúncias de Marcelo.

Mas fácil seria o prefeito Gustavo Fruet (PDT) esclarecer o caso de uma vez por todas divulgando os números de autuações, mês a mês, de maneira detalhada, para acabar com as dúvidas sobre o caso.

Marcelo Araújo esclareceu ao Blog do Esmael que concedeu entrevista ao programa de TV Tribuna da Massa, apresentado por Paulo Roberto Galo, que também tem programa no rádio, e comentou fatos concretos apresentados por uma telespectadora de que um agente de trânsito que atuava nas proximidades do Shopping Estação, em Curitiba, havia emitido uma série de multas injustificadas.

Marcelo também comentou no programa de TV que existem suspeitas de pressão sobre os agentes de trânsito para que aumentem as emissões de autos de infração. Mas essas suspeitas já foram levantadas por jornalistas e são recorrentes, não sendo uma denúncia categórica que partiu dele.

3 de novembro de 2014
por esmael
9 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: A indústria da multa, o silêncio da Câmara e o “coitadismo” de Gustavo Fruet

fruet_multas_marcelo.jpgMarcelo Araújo*

A Prefeitura de Curitiba começou a fiscalizar a velocidade dos veículos em algumas vias com o equipamento classificado como “estático”. Para esclarecer, “estático” é o equipamento que funciona de forma autônoma depois de acionado, apoiado em um suporte (tripé) ou num veículo parado. O “portátil” é aquele tipo pistola operado por pessoa humana. Leia mais

6 de outubro de 2014
por esmael
19 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: A indústria da multa em pleno vapor em Curitiba

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, critica o governo municipal do prefeito Gustavo Fruet no que diz respeito à  aplicação de multas em locais de grande concentração e movimento, tais como cultos, missas e jogos de futebol; colunista afirma que o correto, a exemplo em sua gestão à  frente da Setran, seria que agentes chegassem ao local um hora antes para sinalizar a fiscalização; segundo o especialista de multa e trânsito, medida evitaria "expor os agentes em situações que os exporia no mínimo em situações de conflito desnecessário"; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, critica o governo municipal do prefeito Gustavo Fruet no que diz respeito à  aplicação de multas em locais de grande concentração e movimento, tais como cultos, missas e jogos de futebol; colunista afirma que o correto, a exemplo em sua gestão à  frente da Setran, seria que agentes chegassem ao local um hora antes para sinalizar a fiscalização; segundo o especialista de multa e trânsito, medida evitaria “expor os agentes em situações que os exporia no mínimo em situações de conflito desnecessário”; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Recentemente a Secretaria de Trânsito foi alvo de questionamentos e críticas por parte de alguns vereadores, devido a algumas ações dos agentes nas proximidades de estádios de futebol em horário de jogo e templos religiosos em dias de culto, devido a veículos estacionados irregularmente e que foram autuados. Leia mais

11 de agosto de 2014
por esmael
14 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Fruet mandou “Vó Gertrudes” para o asilo

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, afirma que o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, mandou Vó Gertrudes! para o asilo sem dó nem piedade; Ela está abandonada no asilo por seu netinho preferido, seu verdadeiro pai, o prefeito Gustavo Fruet!, anota o colunista especialista em multa e trânsito; segundo ele, a Fanpage da personagem criada pela Prefeitura de Curitiba está abandonada e até agora o município não deu satisfação sobre a tentativa de fraude em 60 mil multas contra os curitibanos; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, afirma que o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, mandou Vó Gertrudes! para o asilo sem dó nem piedade; Ela está abandonada no asilo por seu netinho preferido, seu verdadeiro pai, o prefeito Gustavo Fruet!, anota o colunista especialista em multa e trânsito; segundo ele, a Fanpage da personagem criada pela Prefeitura de Curitiba está abandonada e até agora o município não deu satisfação sobre a tentativa de fraude em 60 mil multas contra os curitibanos; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Neste dia 11 de Agosto quero cumprimentar todos os Advogados por seu dia, classe da qual tenho muito orgulho de fazer parte, e o faço na pessoa do Presidente da Seção Paraná, Dr. Juliano Breda. Dito isto, vamos aos fatos. Leia mais

28 de julho de 2014
por esmael
18 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Muda de cidade”, recomenda time de Fruet

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, acusa o governo municipal de Gustavo Fruet de "extremismo" que lembra a ditadura militar; segundo o colunista, representante do IPPUC teria sido ríspido com ativista da ciclomobilidade ao ser questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos: se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!; especialista de trânsito e multa vê complacência! e frouxidão! na gestão do prefeito curitibano; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, acusa o governo municipal de Gustavo Fruet de “extremismo” que lembra a ditadura militar; segundo o colunista, representante do IPPUC teria sido ríspido com ativista da ciclomobilidade ao ser questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos: se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!; especialista de trânsito e multa vê complacência! e frouxidão! na gestão do prefeito curitibano; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e seus outorgados de confiança deveriam saber que quando um deles fala alguma coisa o faz em nome do outorgante, o qual se não concordar deve “desautorizá-lo” ou revogar a outorga. Portanto, o PREFEITO FALOU, por meio de um assessor da presidência do IPPUC que foi questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos de ciclomobilidade que se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!. Leia mais

21 de julho de 2014
por esmael
21 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Um pacto pela não humilhação de Fruet

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, se compara à  seleção da Alemanha, que aplicou goleada histórica de 7 a 1 no Brasil, ao propor um pacto pela não humilhação! do prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT); "O prefeito Gustavo Fruet não mereceria da minha parte um

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, se compara à  seleção da Alemanha, que aplicou goleada histórica de 7 a 1 no Brasil, ao propor um pacto pela não humilhação! do prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT); “O prefeito Gustavo Fruet não mereceria da minha parte um “pacto de não humilhação”?”, questiona o colunista especialista em trânsito e multa, ao garantir que acertou nos últimos meses ao apontar falhas na administração municipal; Para não perder de zero sempre resta o argumento sólido e que muda a vida das pessoas: “Ah, mas ele tinha pontos na carteira…”!; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

O jogo do Brasil e Alemanha na Copa serviu para muitas lições e devo confessar que ela me fez refletir sobre tudo o que já foi apontado e denunciado nesse espaço semanal. O prefeito Gustavo Fruet não mereceria da minha parte um “pacto de não humilhação!? Leia mais

14 de julho de 2014
por esmael
5 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Fruet entre a indústria da multa e a prevaricação

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, aborda a polêmica sobre autuações de infrações nas faixas exclusivas de ônibus em Curitiba; colunista especialista em trânsito e multa afirma que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) terá de decidir entre a indústria da multa e prevaricação; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, aborda a polêmica sobre autuações de infrações nas faixas exclusivas de ônibus em Curitiba; colunista especialista em trânsito e multa afirma que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) terá de decidir entre a indústria da multa e prevaricação; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Na segunda-feira passada, dia 07/07, a Prefeitura de Curitiba iniciou a fiscalização do uso indevido da faixa exclusiva de ônibus da Rua XV, trecho entre N.S. da Luz e João Negrão. Conforme foi noticiado no primeiro dia houve 39 autuações, o que é legítimo e necessário para que a restrição seja obedecida. Leia mais

10 de Março de 2014
por esmael
8 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Lobby na Prefeitura de Curitiba e indústria da multa na Linha Verde

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, suspeita de lobby dos secretários municipais Ricardo Mac Donald e Fernando Klein, da Prefeitura de Curitiba, a favor dos transportadores de carga; colunista, que é especialista em multa e trânsito, estranha que, repentinamente, de mil multas diárias a veículos pesados cessaram-se reclamações na Linha Verde; ele ainda questiona ainda a existência da indústria da multa na capital: os radares estão certos ou errados? Estão ligados ou desligados? E as pessoas que foram indevidamente multadas, como ficam?!; leia o texto.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, suspeita de lobby dos secretários municipais Ricardo Mac Donald e Fernando Klein, da Prefeitura de Curitiba, a favor dos transportadores de carga; colunista, que é especialista em multa e trânsito, estranha que, repentinamente, de mil multas diárias a veículos pesados cessaram-se reclamações na Linha Verde; ele ainda questiona ainda a existência da indústria da multa na capital: os radares estão certos ou errados? Estão ligados ou desligados? E as pessoas que foram indevidamente multadas, como ficam?!; leia o texto.

Marcelo Araújo*

Em janeiro desse ano foram acionados os equipamentos eletrônicos da Linha Verde para fiscalizar veículos com mais de 7 metros e/ou 7 toneladas de capacidade/peso bruto total. A média de autuações diárias atingiu a astronômica marca de praticamente mil por dia. Leia mais

3 de Março de 2014
por esmael
24 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “As bravatas e o continuísmo do ‘xerife’ Fruet”

Advogado Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira de Carnaval, ironiza o prefeito Gustavo Fruet que, no auge da greve dos ônibus, ameaçou prender sindicalistas e empresários pela prática de locaute!; Falou e tomou Doril, sumiu. Coube à  vice-prefeita, Mirian Gonçalves, assumir as negociações e pôr fim à  greve dos ônibus!, registrou o especialista em multas; colunista também observa que Fruet realiza uma gestão de continuidade quando o assunto é trânsito e multas eletrônicas: Se continua a ocupação dos equipamentos da Consilux é porque a solução encontrada na gestão anterior !” do prefeito Luciano Ducci !” foi correta e assim parece que vai continuar!, espinafra; leia o texto.

Advogado Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira de Carnaval, ironiza o prefeito Gustavo Fruet que, no auge da greve dos ônibus, ameaçou prender sindicalistas e empresários pela prática de locaute!; Falou e tomou Doril, sumiu. Coube à  vice-prefeita, Mirian Gonçalves, assumir as negociações e pôr fim à  greve dos ônibus!, registrou o especialista em multas; colunista também observa que Fruet realiza uma gestão de continuidade quando o assunto é trânsito e multas eletrônicas: Se continua a ocupação dos equipamentos da Consilux é porque a solução encontrada na gestão anterior !” do prefeito Luciano Ducci !” foi correta e assim parece que vai continuar!, espinafra; leia o texto.

Marcelo Araújo*

Na semana passada uma palavra passou a fazer parte do vocabulário cotidiano devido aos conflitos do transporte coletivo que é “lock out”, ou aportuguesado “locaute”, numa tradução livre chaves pra fora ou porta trancada, que seria a “greve dos patrões”. O prefeito Gustavo Fruet bradou retumbante que pediria a prisão se fosse caracterizada tal prática. Falou e tomou Doril, sumiu. Coube à  vice-prefeita, Mirian Gonçalves, assumir as negociações e pôr fim à  greve dos ônibus. Leia mais

17 de Fevereiro de 2014
por esmael
13 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Novas multas canceladas. Que sustentabilidade é essa, Fruet?”

Marcelo Araújo, especialista em multas e trânsito, ironiza na sua coluna de hoje a quantidade de multas canceladas pela Prefeitura de Curitiba; segundo o colunista, primeiro foram 60 mil infrações enviadas irregulares e agora mais 16 mil aplicadas na Linha Verde; à‰ muito desperdício de papel, muitas árvores jogadas fora!, critica Araújo para logo em seguida perguntar: Que sustentabilidade é essa, Gustavo Fruet?!; especialista vê prefeito como poser! ao dirigir um veículo elétrico chamado Twizy, fabricado pela Renault; O prefeito dirigiu o

Marcelo Araújo, especialista em multas e trânsito, ironiza na sua coluna de hoje a quantidade de multas canceladas pela Prefeitura de Curitiba; segundo o colunista, primeiro foram 60 mil infrações enviadas irregulares e agora mais 16 mil aplicadas na Linha Verde; à‰ muito desperdício de papel, muitas árvores jogadas fora!, critica Araújo para logo em seguida perguntar: Que sustentabilidade é essa, Gustavo Fruet?!; especialista vê prefeito como poser! ao dirigir um veículo elétrico chamado Twizy, fabricado pela Renault; O prefeito dirigiu o “Gugamóvel” no Parque Barigui, não podia, pois não tem registro nem licença para circular em locais aberto!, aponta Marcelo Araújo; leia o texto.

Marcelo Araújo*

O assunto das multas irregulares de caminhões na Linha Verde continuou pautando a semana passada. Uma das entidades que está questionando a regularidade das autuações e a sinalização da via é o SETCEPAR !“ Sindicato dos Transportadores do Paraná, entidade da qual o atual secretário Municipal de Governo e colega de Blog, Ricardo Mac Donald, foi superintendente e o secretário Municipal de Abastecimento, Fernando Klein, é atualmente vice-presidente (já foi presidente). Leia mais

7 de Fevereiro de 2014
por esmael
4 Comentários

Com medo de ser rebocada, prefeitura de Curitiba recua de multas a guincheiros; assista ao vídeo

Marcelo Araújo, especialista em trânsito, líder espiritual da caminhonata! que hoje tumultuou as ruas centrais de Curitiba, comemora anulação de multas a guincheiros que trafegaram pela Linha Verde, na região Sul; colunista deste blog, onde escreve nas segundas, advogado considera as penalidades impostas aos caminhões de emergência uma ilegalidade a serviço da indústria da multa! na capital; assista ao vídeo com a reportagem da RPCTV.

Marcelo Araújo, especialista em trânsito, líder espiritual da caminhonata! que hoje tumultuou as ruas centrais de Curitiba, comemora anulação de multas a guincheiros que trafegaram pela Linha Verde, na região Sul; colunista deste blog, onde escreve nas segundas, advogado considera as penalidades impostas aos caminhões de emergência uma ilegalidade a serviço da indústria da multa! na capital; assista ao vídeo com a reportagem da RPCTV.

O advogado Marcelo Araújo, líder espiritual dos guincheiros, comemorou hoje o recuo da prefeitura de Curitiba em relação as 16 mil multas aplicadas em caminhões guincho que trafegaram na Linha Verde, região Sul da cidade. Leia mais

6 de Fevereiro de 2014
por esmael
4 Comentários

Guincheiros prometem “rebocar” a Prefeitura de Curitiba nesta sexta

Marcelo Araújo, especialista em multas e trânsito, inspira motoristas de guincho a protestar em frente à  Prefeitura de Curitiba; manifestantes reivindicam cancelamento de multas eletrônicas para veículos de emergência; eles prometem fazer caminhonata! até o Palácio 29 de Março, onde pretendem rebocar! o prédio com o prefeito em exercício dentor; segundo trabalhadores do setor, cerca de mil multas são aplicadas contra caminhoneiros que trafegam diariamente a Linha Verde, na região Sul da capital; Araújo acusa existência da "indústria da multa" na gestão de Gustavo Fruet de forma ilegal.

Marcelo Araújo, especialista em multas e trânsito, inspira motoristas de guincho a protestar em frente à  Prefeitura de Curitiba; manifestantes reivindicam cancelamento de multas eletrônicas para veículos de emergência; eles prometem fazer caminhonata! até o Palácio 29 de Março, onde pretendem rebocar! o prédio com o prefeito em exercício dentor; segundo trabalhadores do setor, cerca de mil multas são aplicadas contra caminhoneiros que trafegam diariamente a Linha Verde, na região Sul da capital; Araújo acusa existência da “indústria da multa” na gestão de Gustavo Fruet de forma ilegal.

Dezenas de motoristas de guinchos prometem fazer uma “caminhonata”, nesta sexta (7), da Linha Verde até a Prefeitura de Curitiba, no Centro Cívico, em protesto contra a aplicação de multas eletrônicas em determinados horários. Os manifestantes deverão se concentrar à s 7h15 em frente à  loja da Havan, no bairro Parolin. Leia mais

3 de Fevereiro de 2014
por esmael
36 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: A ilegal indústria da multa de Gustavo Fruet!

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, acusa o prefeito Gustavo Fruet (PDT) de cometer ilegalidade para garantir arrecadação através da indústria da multa em Curitiba; colunista relata que um único caminhoneiro recebeu dezenas de notificações da prefeitura, que "está sedenta por arrecadar"; advogado especialista em multa e trânsito classifica gestores municipais como "incompetentes", além de desconhecedores da legislação vigente; "Parece que a

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, acusa o prefeito Gustavo Fruet (PDT) de cometer ilegalidade para garantir arrecadação através da indústria da multa em Curitiba; colunista relata que um único caminhoneiro recebeu dezenas de notificações da prefeitura, que “está sedenta por arrecadar”; advogado especialista em multa e trânsito classifica gestores municipais como “incompetentes”, além de desconhecedores da legislação vigente; “Parece que a “barrigada” com as 60 mil multas irregulares na tentativa de fraude ainda não serviram de lição!, comparou; leia o texto.

por Marcelo Araújo*

Conforme notícias veiculadas na semana passada, em 15 dias de fiscalização eletrônica de desobediência à s dimensões e peso conforme horário, e deixar de manter-se na direita em qualquer horário, houve 12.830 autuações de caminhões pelos dois motivos que analiso abaixo. Leia mais