Por Esmael Morais

Em nota oficial, governo Richa jura que não falta comida para a Polícia Civil

Publicado em 09/09/2015

Nota ao Blog

Em razão da matéria publicada neste blog acerca do Curso de Formação dos investigadores da Polícia Civil, a Direção da ESPC vem a público esclarecer o seguinte:

1.Não houve nenhum contingenciamento de alimentação. O modelo referido vigia quando os alunos ao realizarem o Curso de Formação não estavam nomeados e nada recebiam. Atualmente já estão nomeados e percebem o terceiro maior salário do país, segundo tabela da Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis).

2.O horário das aulas, conforme o próprio blog informou, é das 08:00h as 17:15h, com intervalos para almoço e café de duas horas e quinze minutos.

3.A realização da parte legal do curso em parceria com o sistema do Detran – a metodologia não é videoconferência, é interativa – significa um avanço. Uma quebra de paradigma no ensino acadêmico policial.

4.Quanto ao material de uso obrigatório, faz parte do kit mínimo de cada policial. Nas aulas práticas de armamento e tiro a ESPC disponibilizará óculos e protetores auriculares.

5.A ESPC continua cumprindo sua missão de qualificar e orientar com excelência o policial civil paranaense, para que possa realizar com máxima qualidade a principal missão da Polícia Judiciária no Estado Democrático de Direito: atender e proteger o cidadão.

A Direção.

Secretaria de Estado da Segurança Pública