Corrupção na Receita Estadual leva milhares às ruas de Foz do Iguaçu pelo “Fora Beto Richa”; assista ao vídeo

richa_fozMilhares de pessoas protestaram ontem (10) contra o governador Beto Richa (PSDB) durante desfile dos 101 anos do município de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. A manifestação foi puxada por educadores que encerraram greve de 45 dias.

O protesto coincidiu com a prisão de todos os auditores fiscais da Receita Estadual indicados pelo governador tucano. Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), delator aponta que R$ 4,3 milhões em propinas irrigaram a campanha de reeleição de Beto Richa.

Assista ao vídeo*

O escândalo de corrupção é agravado porque envolve o primo de Beto Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, foragido da polícia. Ele seria o arrecadador do esquema na Receita e quem teria indicado todos os principais cargos no órgão fazendário.

Na manifestação de Foz, sobrou também para a deputada estadual Claudia Pereira (PSC), mulher do prefeito iguaçuense Reni Pereira (PSB), ambos da base de sustentação do governador encrencado.

Segundo os manifestantes, os Pereira são cúmplices do massacre de 213 professores no último 29 de abril autorizados por Beto Richa. Aliás, o prefeito de Foz tem rejeição muito parecida do governador: perto de 90%.

*Vídeo do professor Marcos Augusto Beato.

Comentários encerrados.