13 de março de 2017
por esmael
2 Comentários

Conselho de Ética da ALEP vai analisar o caso da deputada Claudia Pereira?

A TV Globo mostrou na noite deste domingo (12), Fantástico, a corrupção no município de Foz do Iguaçu (PR). Dentre os casos, segundo a reportagem, está a eleição da deputada Claudia Pereira (PSC) com dinheiro mal havido. A pergunta é: o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Paraná se pronunciará sobre o escândalo? Leia mais

11 de junho de 2015
por esmael
6 Comentários

Corrupção na Receita Estadual leva milhares às ruas de Foz do Iguaçu pelo “Fora Beto Richa”; assista ao vídeo

richa_fozMilhares de pessoas protestaram ontem (10) contra o governador Beto Richa (PSDB) durante desfile dos 101 anos do município de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. A manifestação foi puxada por educadores que encerraram greve de 45 dias.

O protesto coincidiu com a prisão de todos os auditores fiscais da Receita Estadual indicados pelo governador tucano. Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), delator aponta que R$ 4,3 milhões em propinas irrigaram a campanha de reeleição de Beto Richa.

Assista ao vídeo*

O escândalo de corrupção é agravado porque envolve o primo de Beto Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, foragido da polícia. Ele seria o arrecadador do esquema na Receita e quem teria indicado todos os principais cargos no órgão fazendário.

Na manifestação de Foz, sobrou também para a deputada estadual Claudia Pereira (PSC), mulher do prefeito iguaçuense Reni Pereira (PSB), ambos da base de sustentação do governador encrencado. Leia mais

1 de junho de 2015
por esmael
7 Comentários

Professores fecham cerco e fazem vigílias em frente à casa de deputados governistas

vigiliadepsO fim de semana dos professores grevistas foi movimentado e teve vigílias em frente das residências de deputados da base do governador Beto Richa (PSDB).

Os deputados Ademar Traiano (PSDB), Alexandre Curi (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Claudia Pereira (PSC) tiveram suas residências “visitadas” por grevistas, que protestaram com faixas e cartazes e realizaram longas vigílias para tentar “sensibilizar” os parlamentares para suas reivindicações.

Os moradores do bairro do deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia Legislativa, deram início a um abaixo-assinado pedindo que o deputado se mude para outro lugar. Para os vizinhos do tucano, o luxuoso bairro Batel não combina com esse tipo de manifestação.

Já o deputado Wilmar Reichembach (PSC) foi “recepcionado” por grevistas em uma festa popular no município de Nova Esperança do Sudoeste. O deputado decidiu abandonar a festa, mas foi seguido pelos manifestantes e literalmente fugiu dos professores, sob gritos de “traidor da educação”. Leia mais