PSTU lança seus candidatos no Paraná

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de suas candidaturas estaduais para as eleições de outubro nesta sexta-feira (11) em Sarandi, no norte do Paraná. A chapa tem candidatos a governador, senador, deputada federal e cinco deputados federais.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de suas candidaturas estaduais para as eleições de outubro nesta sexta-feira (11) em Sarandi, no norte do Paraná. A chapa “puro sangue” tem candidatos a governador, senador, deputada federal e cinco deputados estaduais.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de seus candidatos no Paraná nesta sexta-feira, dia 11 de julho, na cidade de Sarandi para as eleições estaduais de 2014.

O partido que traz como candidato a governador estadual Rodrigo Tomazini, trabalhador da educação, e à‰rica Andreassy como vice, tem, segundo eles, um programa voltado aos trabalhadores e à  juventude. O PSTU se propõe a debater abertamente suas propostas junto à  comunidade.

Nossa candidatura é feita por trabalhadores e para os trabalhadores. A melhor forma de encontrar melhorias dos setores públicos como Saúde, Educação, Transporte e Moradia é ouvindo quem os utiliza e mais sofre com sua precarização, que são os trabalhadores e a juventude.!, afirma Tomazini.

Os outros candidatos do PSTU são Evandro Castagna para senador, Mariane Siqueira para deputada federal e para deputados estaduais são Alexandre dos Santos, Bianca Zanetti, Ivan Ramos, José Carlos de Assis e Marcela de Souza.

O lançamento estadual será no dia 22 de julho, em Curitiba, com a presença de Zé Maria, candidato a presidente pelo PSTU.

Serviço:
Local: Esquina da Av. Londrina com a Rua Taí, Sobreloja da Top 100, sala 11 – Sarandi-PR
Horário: 19h30
Data: 11 de julho

 

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Por um governo dos trabalhadores e para os trabalhadores! #Voto16

  2. Conheci Evandro Castagna nas lutas aqui em Cascavel. Junho de 2013, as lutas pelo Passe Livre, contra o aumento do IPTU, no grito dos excluídos. Sou prova de quanto estes candidatos são de luta.
    Chega de Richa, Requião nunca mais, Gleise não é opção. Vou de Rodrigo Tomazini e Evandro Castagna.

  3. Aí sim!
    Partido de luta! São meus candidatos!
    #Voto16

  4. A cachaça vai rolar sorta rsrsrsrs, são todos um bando de marginais que nao querem trabalhar e buscam apenas uma boquinha nos DCEs e sindicatos ficam escondidos dentro dos DCEs da UEM onde ficam buscando cada vez mais criar confusao com os estudantes que realmente querem estudar. Sao pessoas que nao merecem o nosso respeito.

  5. Como sempre só blá blá, mentiras e poucas ações, no horário eleitoral eles vão mostram vídeos com eles nas manifestações e vão dizer que foram o PSTU que liderou as manifestações, eles sempre gozam com o x dos outros, oportunistas, mentirosos, trairás e covardes.
    Partideco como o PSTU, com um sindicato aqui, outro acolá e a verba do fundo partidário, seus dirigentes vivem uma confortável vida burguesa. Falam que que defendem os trabalhadores, mas os ditos trabalhadores, evidentemente, nem sabem que eles existem.
    Aqui e ali, esses partidos compram briguinhas com os petistas pelo controle de alguns sindicatos, de centros acadêmicos e coisa e tal. Se duvidar, disputam velório, festa de aniversário e baile de debutantes

  6. O Pstu só pensa em sindicatos e DCEs, são os pelegos dos sindicatos, os integrantes deste partido vão as manifestações e ficam no cantinho com medo da policia e quando as emissoras de tv aparecem eles ficam com as bandeiras na frente das camaras, verdadeiros galinhas.

    Esses intelectualoides burros filhinhos de papai do PSTU tem tão pouco contato com as massas populares que nem sabem a linguagem do peão, do operário, do secundarista da periferia, enfim, do povão e é por isso que ganham votações pífias nas eleições.

    adoram viajar(com o dinheiro do sindicato e do dce), tomar umas cachaças e discutir teoria politica, turma que no primeiro “chega” dos patrões já tremem e abandonam o barco.
    O PSTU JÁ ERA!

  7. Caramba!
    Pensei que fossem 2 Chapolins Colorados! kkkkkkkkk