Governo federal promete cacete e polícia nos Black Blocs

Publicado em 2 junho, 2014
Compartilhe agora!

do Brasil 247

Membros do black blocs, que comandam manifestações violentas no Brasil, revelaram que estão se associando à  facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para transformar a Copa do Mundo 'em um caos'; "à‰ inadmissível que pessoas queiram se associar ao crime para fazer reivindicações. Não toleraremos abuso de qualquer natureza, e as pessoas que praticarem ilícitos responderão nos termos da lei penal", disse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
Membros do black blocs, que comandam manifestações violentas no Brasil, revelaram que estão se associando à  facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para transformar a Copa do Mundo ‘em um caos’; “à‰ inadmissível que pessoas queiram se associar ao crime para fazer reivindicações. Não toleraremos abuso de qualquer natureza, e as pessoas que praticarem ilícitos responderão nos termos da lei penal”, disse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, reagiu à  informação de que os black blocs, que comandam manifestações violentas no Brasil, estão se associando à  facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para transformar a Copa do Mundo em um caos!.

Em entrevista ao Estado de S. Paulo no final de semana, um dos membros do grupo de mascarados disse que não está em curso a formação de uma aliança, mas a expectativa é um somatório de esforços em comum.

Não temos aliança nem somos contra o PCC. Só que eles têm poder de fogo muito maior do que o MPL (Movimento Passe Livre, que iniciou as manifestações, há um ano, com ajuda dos Black Blocs). Pararam São Paulo!.

Segundo ele, quando integrantes do movimento foram presos durante por participarem de manifestações violentas no ano passado, líderes do PCC teriam se solidarizado com eles durante o tempo em que permaneceram nos presídios paulistas.

à‰ inadmissível que pessoas queiram se associar ao crime para fazer reivindicações!, declarou Cardozo. Não toleraremos abuso de qualquer natureza, e as pessoas que praticarem ilícitos responderão nos termos da lei penal!. Segundo ele, o governo está monitorando todos os setores considerados estratégicos, que poderão criar algum tipo de problema, e salientou que existe uma cooperação entre os serviços de inteligência dos governos federal e estadual para acompanhar as mais diversas situações! (leia mais).

Compartilhe agora!

Comments are closed.