CNJ anula projeto da Assembleia que autorizava R$ 2,3 bi no Caixa Único do governo do PR

O presidente da OAB-PR, Juliano Breda, conseguiu barrar definitivamente a transferência de R$ 2,3 bi em depósitos judicias ao Caixa Único !“ cuja sigla é CU, segundo o senador Roberto Requião; presidente da autarquia federal fez o que deveria ser de competência da Assembleia Legislativa do Paraná: fiscalizar e conter com rigor os excessos do executivo, aquilo que é pernicioso aos paranaenses.

O presidente da OAB-PR, Juliano Breda, conseguiu barrar definitivamente a transferência de R$ 2,3 bi em depósitos judicias ao Caixa Único !“ cuja sigla é CU, segundo o senador Roberto Requião; presidente da autarquia federal fez o que deveria ser de competência da Assembleia Legislativa do Paraná: fiscalizar e conter com rigor os excessos do executivo, aquilo que é pernicioso aos paranaenses.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) anulou, nesta terça (22), projeto aprovado pela Assembleia Legislativa do Paraná, em 25 de julho passado, que autorizava a transferência de R$ 2,3 bilhões de depósitos judiciais ao Caixa Único (C.U.) do governo Beto Richa.

A decisão do órgão atendeu à  reclamação do Dr. Juliano Breda, presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), decorrente de uma liminar concedida no último dia 25 de julho.

Portanto, o que os deputados estaduais aprovaram naquela noite (25) não tem efeito legal.

Comentários encerrados.