24 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Trabalhadores protestam contra venda da Embraer para a Boeing em São José dos Campos

Trabalhadores protestam contra venda da Embraer para a Boeing em São José dos Campos

Trabalhadores da Embraer realizaram na quarta-feira (23) um ato de protesto contra a venda da empresa para a Boeing, transação chancelada pelo governo Bolsonaro. A manifestação foi promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP). ... 

Leia mais

22 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Justiça derruba liminar que suspendeu acordo entre Boeing e Embraer

Justiça derruba liminar que suspendeu acordo entre Boeing e Embraer

Em resposta a um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), a presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), desembargadora Therezinha Cazerta, derrubou na madrugada deste sábado (22) a liminar que suspendia a negociação entre a Embraer e a Boeing.

As negociações estavam paralisadas desde o último dia 19 devido a uma ação movida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, onde a Embraer tem fábricas. Os sindicalistas argumentam que o negócio fere regras de mercado, uma vez que na transação haveria uma incorporação da Embraer pela Boeing e não apenas uma associação entre as duas empresas para um projeto específico.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro estuda proibir ‘molhar o bico’ e sexo antes do casamento ... 

Leia mais

5 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos defende reestatização da Embraer

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos defende reestatização da Embraer

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos intensificou nos últimos dias a mobilização contra a venda da Embraer para a Boeing. Com o anúncio de entendimento entre as duas empresas, divulgado nesta quinta-feira (5), o Sindicato vai cobrar do Governo Federal e do Congresso Nacional o veto à operação que coloca em risco a soberania nacional e milhares de empregos do setor aeronáutico. A entidade defende a reestatização da Embraer.

“A joint venture entre Embraer e Boeing não é um negócio qualquer. A empresa brasileira é a terceira maior exportadora do Brasil. Está atrás apenas da Vale e Petrobras. Trata-se do único setor de tecnologia intensa que possui superávit na balança comercial brasileira”, alerta o sindicato.

O governo federal, detentor da ação Golden Share, tem a obrigação de vetar a negociação. Ao contrário do que afirmou a Embraer em comunicado, esta junção não trará benefícios para o Brasil e, muito menos, para os trabalhadores brasileiros.

Desde que os planos de venda foram divulgados, no final do ano passado, as demissões não param de acontecer na Embraer. Embora o Sindicato não tenha acesso a números oficiais, estima-se que este ano já foram demitidos cerca de 300 funcionários. O Governo Federal e o Congresso Nacional têm o papel de defender os interesses do Brasil e, portanto, não podem ser coniventes com esse crime de lesa-pátria, denuncia a entidade.

A entidade reafirmou sua posição contrária à venda da Embraer e defende a imediata estabilidade no emprego para todos os trabalhadores e a reestatização da empresa.

Leia mais

28 de maio de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Em apoio aos caminhoneiros, metalúrgicos de São José Campos atrasam a produção e defendem a greve geral

Em apoio aos caminhoneiros, metalúrgicos de São José Campos atrasam a produção e defendem a greve geral

A greve nacional dos caminhoneiros recebeu o apoio dos metalúrgicos de São José dos Campos e região, nesta segunda-feira (28). Em diversas fábricas, mobilizados pelo sindicato, os trabalhadores realizaram assembleias em solidariedade à categoria. Houve atrasos em quatro fábricas, inclusive na Embraer.

Neste dia de mobilizações, os metalúrgicos também reivindicaram que as centrais sindicais convoquem uma greve geral pela saída do presidente Temer e contra todos os ataques que vem sendo realizados por esse governo – como as reformas trabalhista e da Previdência.

As assembleias começaram cedo na região. Na Embraer, houve assembleias no primeiro turno, com os funcionários da produção, e turno administrativo. Em ambas, os trabalhadores aprovaram apoio à luta dos caminhoneiros.

Também houve assembleias na JC Hitachi, Friuli e Prolind, com atraso na entrada dos trabalhadores. Na Hitachi, os trabalhadores pararam uma hora. Na Prolind, o atraso chegou a duas horas.

Leia mais

16 de maio de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Governo Temer acelera entrega da Embraer

Governo Temer acelera entrega da Embraer

O governo de Michel Temer não mede esforços para destruir a soberania do país. O Sindicato dos Metalúrgicos de São José Campos alerta que o governo pretender concretizar a entrega da Embraer para gigante norte-americana Boeing antes das eleições. A empresa atualmente emprega 18 mil trabalhadores, que estão ameaçados pelo processo de privatização.

 

Na tenebrosa transação, o Brasil ficará com menos de 20% do controle acionário, 80 por cento irá passar para a Boeing. A empresa opera quatro setores essenciais da aviação: a comercial,  a executiva, militar e de serviços aeronáuticos. Além disso, desenvolveu ao longo dos anos um sofisticado parque industrial e tecnológico.

Os trabalhadores realizam uma intensa campanha para barrar a privatização total da Embraer e pressionam o governo do estado de São Paulo e as prefeituras da região para a importância econômica e estratégica da manutenção do do controle acionário da companhia pelo estado brasileiro.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) quer assegurar os direitos dos trabalhadores e exigiu transparência nas informações sobre o processo de privatização e defendeu medidas para garantir os milhares de empregos gerados pela cadeia produtiva e tecnológica da Embraer.

Leia mais