14 de julho de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

Para o PSDB, “Copa das Copas não aconteceu”. Só na propaganda?

do Brasil 247
Em um balanço da Copa do Mundo, o PSDB publicou na tarde desta segunda-feira 14 um texto do Instituto Teotonio Vilela (ITV), ligado ao partido, que diz que a ‘Copa das Copas’, lema defendido pela presidente Dilma Rousseff, “não aconteceu”, e que agora o governo do PT quer “dar um jeito de virar a página da Copa do Mundo, decretando seu sucesso absoluto”, na mesma velocidade em que Dilma entregou a taça ao capitão Philipp Lahm, da seleção da Alemanha, neste domingo 13.

Na avaliação dos tucanos, o sucesso do Mundial se deve principalmente ao que “ocorreu dentro das quatro linhas dos gramados”, futebol que “o governo petista agora quer afastar nossos bons jogadores, com sua proposta de criar barreiras para impedir a exportação de talentos para o exterior”. A visão é classificada como “isolacionista e intervencionista” pelo instituto. O ITV fala também em “manada de elefantes brancos” ao se referir aos estádios das 12 cidades-sede do Mundial.

Os tucanos avaliam que o “os balanços da Copa devem se basear no cotejo entre aquilo que o governo se comprometeu a fazer e o que efetivamente fez até o torneio”. Ao citar um balanço feito pelo jornal Folha de S. Paulo, o texto afirma que, “dos 167 compromissos assumidos em 2010, apenas 53% foram finalizados a tempo do Mundial” e que “a promoção do torneio custou mais caro que o previsto, chegando a R$ 26 bilhões, dos quais 84% saíram de cofres públicos”.

Por fim, o partido critica medidas de “improviso” adotadas pelo governo e cobra a gestão Dilma sobre “por que não entregou o que prometeu”. “Cabe, ainda, explicar à  população os motivos de ter feito tanto esforço para bem atender o público internacional durante 32 dias de festa e não exibir a mesma dedicação cotidiana para tornar o dia a dia de 200 milhões de brasileiros melhor. O fim dos jogos é só o início desta prestação de contas”, finaliza o ITV.

Leia mais