20 de fevereiro de 2015
por esmael
130 Comentários

Deputado da Bancada do Camburão ‘se cagou nas calças’, revela colunista da Gazeta do Povo

dante_camburaoO colunista Dante Mendonça, do jornal Gazeta do Povo, edição desta sexta (20), relata os momentos tensos vividos pelos deputados da base governista que, semana passada, foram “entulhados” dentro de um camburão da PM para votar o ‘pacote de maldades” do governador Beto Richa.

“… um mal-aventurado passageiro deixou vazar o chorume: Não posso dizer o nome, mas um dos nossos se borrou nas calças!!, disse um parlamentar ao colunista.

O vazamento de chorume (merda, em português claro) foi de medo dos manifestantes, que batiam na lataria e ameaçavam virar o camburão policial.

Dante Mendonça revela ainda que os deputados que integram a “Bancada do Camburão”, como ficaram conhecidos os passageiros daquela curta viagem, fizeram um “pacto malcheiroso”. Ou seja, os 34 deputados que estavam dentro do veículo se comprometeram nunca revelar o nome de quem teria o frouxo intestinal. Nem mesmo sob tortura.

“As mulheres gritavam com uma mão no nariz, outra no celular, enquanto os homens tentavam controlar a náusea”, conta o colunista da Gazeta do Povo.

Ao final do artigo, o colunista questiona com razão: “Quem seria o frouxo do camburão?”.

Leia a íntegra do artigo de Dante Mendonça: