Doria marca gol na casa do adversário, Moro, ao cooptar presidente do Podemos

Paraná Pesquisas: melhora na avaliação de Doria em SP dificulta crescimento de Moro na disputa presidencial de 2022

Número de paulistas que avalia positivamente o Governo Doria quase dobra em 2021

O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) encontra uma muralha para penetrar no eleitorado paulista como candidato a presidente da República em 2022. A Paraná Pesquisas explica a dificuldade de o moço da Lava Jato avançar: a avaliação da gestão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), quase dobrou entre maio e dezembro de 2021, segundo levantamento divulgado nesta semana pelo instituto.

A sondagem da Paraná Pesquisas mostra que o grupo de pessoas que considera o governo tucano ótimo ou bom subiu de 15,8% para 28,2% em sete meses, o que limita a área de pré-campanha de Moro.

Doria acredita que irá herdar a intenção de votos do ex-juiz Sergio Moro, que caminha célere para repetir o fenômeno de Marina Silva em 2014. Tanto um quanto outro disputam a condição de candidato da ‘terceira via’ na eleição presidencial do ano que vem.

A pesquisa entrevistou pessoalmente 1.818 eleitores em 88 municípios entre os dias 13 e 17 de dezembro de 2021.

Em maio, em um momento de recrudescimento dos índices da pandemia e intensificação das medidas de restrição, mais da metade da população considerava a atuação de Doria ruim ou péssima. Em dezembro, o número caiu mais de 15 pontos percentuais, indo de 54% para 39%.

Fontes do governo paulista avaliam o crescimento como reflexo da intensa agenda de entregas da gestão nos últimos meses, da melhoria dos indicadores econômicos em São Paulo e do impacto da vacinação nos índices de óbito, internações e casos no Estado.

Segundo a Paraná Pesquisas, diante do fiasco do projeto presidencial de Moro, pode lhe restar uma arriscada candidatura ao Senado pelo estado de São Paulo. O ex-juiz estaria atrás do apresentador José Luiz Datena pela única vaga à Câmara Alta.

Sergio Moro teve “crescimento” de “rabo de cavalo” nas pesquisas, para baixo, de 10% caiu para 6%

Sergio Moro foge do debate com Ciro Gomes, que xinga o ex-juiz: “Bandidão despreparado, um canalha arrematado”