Livro que denuncia crimes da Lava Jato será lançado na quinta-feira em Curitiba

Livro que denuncia crimes da Lava Jato será lançado na quinta-feira em Curitiba

Livro ‘Lava Jato, uma conspiração contra Brasil’ denuncia os crimes de Moro e Deltan Dallagnol

O jornalista e ativista social Milton Alves e a Editora Kotter promovem o lançamento presencial em Curitiba, nesta quinta-feira (09/12), no Café Mafalda, do livro ‘LAVA JATO, uma conspiração contra o Brasil’. A obra tem o prefácio da presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada Gleisi Hoffmann.

Milton Alves, considerado o “sombra” do ex-juiz suspeito Sergio Moro, em ‘LAVA JATO, uma conspiração contra o Brasil’ faz uma linha do tempo da farsesca e criminosa operação, revelando o passo a passo da escalada de criminalização da política, do golpismo contra a democracia, o lawfare contra o ex-presidente Lula e a parceria ilegal com as agências internacionais de espionagem dos Estados Unidos e da Suíça.

O jornalista e escritor curitibano afirma que a força-tarefa cometeu um crime de lesa pátria ao fazer parcerias com países estrangeiros, à margem da lei. “Além disso, a operação foi a responsável pela quebradeira da cadeia produtiva do petróleo e gás, da indústria naval, da construção pesada e da infraestrutura de base do país, gerando um passivo bilionário na economia nacional – punindo empresas e gerando milhares de desempregados”, afirma.

O autor defende “a punição rigorosa do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol – e de toda a súcia de bandidos infiltrada no Ministério Público -, são demandas de uma retomada democrática no Brasil. Agora, eles se aventuram no mundo da política, para conseguir proteção e impunidade”, diz Milton.

Segundo Milton, “a Lava Jato favoreceu a chegada do neofascista e genocida Jair Bolsonaro à presidência do país”. E completa: “O bolsonarismo e o lavajatismo são irmãos siameses”.

Em seu texto no livro, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, aponta os inúmeros crimes da operação Lava Jato como “a parcialidade de Moro que contaminou todas as ações da Lava Jato contra Lula, sem exceção”. Desde as manobras e chantagens, até mesmo contra ministros de tribunais superiores, para usurpar a competência sobre investigações que não eram da Vara Federal de Curitiba, até o balcão de compra e venda de delações direcionadas unicamente a condenar Lula. As digitais do ex-juiz estão nas escutas ilegais, de advogados e até da presidenta Dilma, nas prisões arbitrárias, nas apreensões ilegais e até na sentença da juíza que o substituiu; na conveniente cegueira dos que confirmaram suas sentenças”.

O livro contém artigos dos jornalistas Esmael Morais (editor do Blog do Esmael), Pedro Carrano (editor do Brasil de Fato-PR), Roberto Salomão (editor do jornal O Trabalho) e de Luís Nassif (editor do site GGN).

Serviço:
O que: Lançamento do livro “Lava Jato, uma conspiração contra o Brasil’ de Milton Alves

Quando: dia 9 de dezembro, quinta-feira, às 18h30

Onde: Café Mafalda – Rua Tibagi, 75 – região central de Curitiba, próximo da Praça dos Estudantes.

Investimento: Cada exemplar tem o custo unitário de R$40,00 (quarenta reais).

Leia também

MPF pede arquivamento de ação contra Lula no caso triplex, após reconhecer prescrição

Podemos teme protesto na filiação de Deltan Dallagnol na sexta-feira