Curitiba será obrigada a adotar Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29/11), por ampla maioria, 286 votos a favor e 121 contra, o projeto de lei que institui o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra como feriado nacional.

A data de 20 de novembro, que já era feriado em seis estados brasileiros e cerca de 1.200 cidades, agora será celebrada em todo o país em homenagem à resistência do povo negro contra a escravidão.

Curitiba é uma das cidades que não adota o feriado da Consciência Negra, apesar de possuir 24% da população, segundo o IBGE.

A capital paranaense, agora, será obrigada a adotar o feriado da Consciência Negra a partir do ano que vem.

A aprovação do feriado é um marco histórico para o Brasil, pois reconhece a importância da luta antirracista e da cultura negra na construção da nossa sociedade.

É também uma importante vitória para a bancada negra do Congresso Nacional, que há anos lutava pela aprovação dessa medida.

Economia

>>Curitiba rejeitou feriado no Dia Consciência Negra; saiba por quê

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra é uma data importante para lembrarmos da história da escravidão no Brasil e do legado de Zumbi dos Palmares, o líder do maior quilombo da América Latina.

Zumbi foi um símbolo de resistência e luta pela liberdade, e sua história é um exemplo de coragem e determinação para todos nós.

O feriado também é uma oportunidade de refletirmos sobre o racismo estrutural que ainda existe no Brasil.

Apesar dos avanços alcançados nos últimos anos, os negros ainda enfrentam discriminação em diversos setores da sociedade, como na educação, no emprego e na saúde.

A aprovação do feriado é um passo importante para o combate ao racismo no Brasil.

O feriado irá contribuir para a conscientização da população sobre a importância da luta antirracista e para a valorização da cultura negra.

>>Dia da Consciência Negra é feriado em quase 900 cidades do país; em Curitiba, não

Além disso, o feriado também terá um impacto positivo na economia.

De acordo com um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), o feriado geraria cerca de R$ 1,3 bilhão em receita para o setor de turismo.

A aprovação do Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra é um marco histórico para o Brasil.

O feriado é um importante reconhecimento da luta antirracista e da cultura negra na construção da nossa sociedade.

3 Replies to “Curitiba será obrigada a adotar Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra”

  1. É os branquelas de Curitiba e CMC devem estar se roendo por dentro. Parabéns aos 286 Deputados Federais, que aprovaram está homenagem à uma figura histórica e emblemática do nosso Brasil. E que os curitibanos, aprendam, que os imigrantes europeus que vieram para cá, estavam na miséria, passando fome e era um bando de joão ninguém na Europa. Chega desta história de cidade européia no Brasil. A gente não passa nem perto disso.

Comments are closed.