Médico descarta nova cirurgia em Bolsonaro, mas presidente vai continuar descansando e sem previsão de alta

Bolsonaro e Olavo de Carvalho estão internados em São Paulo; Doria com covid outra vez

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu guru, Olavo de Carvalho, estão internados em São Paulo, enquanto o governador paulista João Doria (PSDB) comunicou que foi infectado pela segunda vez pela covid-19.

Calma, eles não marcaram encontro em ambulatórios ou UTIs. Foi ao acaso.

Bolsonaro continua internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde tenta contornar um quadro de obstrução intestinal. A equipe médica, liderada por Antonio Luiz Macedo, afirma que a situação clínica do mandatário “evolui de forma satisfatória”, no entanto, ele não tem data para receber alta.

Já Olavo de Carvalho está outro leito, no InCor (Instituto do Coração), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. Ele foi operado para extração de lesões na bexiga na tarde de terça-feira, dia 13, data escolhida pelo guru em homenagem ao PT.

Leia também

Há um mês, Olavo, 74 anos, foi submetido a uma operação de câncer na bexiga, em um hospital no estado da Virgínia, nos Estados Unidos.

Além de Bolsonaro e Olavo, o governador de São Paulo também entrou de molho nesta quinta-feira (15/7). Pela segunda vez, o governador tucano foi diagnosticado positivo para a covid.

“Hoje, por prevenção, fiz mais um teste de Covid e o resultado, infelizmente, foi positivo. Por orientação médica, cancelei imediatamente toda a agenda e vou trabalhar de casa, cumprindo os meus compromissos como governador, mas de forma virtual”, disse João Doria.

O governador de SP afirmou que graças às duas doses de vacina do Butantan, que ele já tomou, está protegido, assim como milhões de brasileiros.

“Continuarei sendo acompanhado pelos médicos, com a certeza de que a vacina está me protegendo, assim como protege milhões de brasileiros”, disse João Doria, ao informar sobre sua internação doméstica.